O Toronto Raptors recebeu o Miami Heat nesta terça-feira, dia 13, no Air Canada Center, pela NBA [VIDEO], e conseguiu ganhar seu sexto jogo consecutivo. A partida terminou 115 a 112 para os donos da casa, que continuam liderando a Conferência Leste, à frente do Boston Celtics.

Tendo o mesmo número de êxitos do concorrente à primeira posição, mas com duas derrotas a menos, o Toronto superou o time de Dwyane Wade, alcançando, ao todo, 40 triunfos na temporada, além de sair derrotado em outras 16 oportunidades.

Essa campanha credencia o bom momento vivido pelos jogadores, destacando uma série de importantes atuações dos atletas.

Demar DeRozan, craque do Toronto, foi o cestinha da equipe contra o Miami, marcando 27 pontos. O armador Kyle Lowry fez 22. No duelo anterior, do dia 11, domingo, vencido contra o Charlotte Hornets, por 123 a 103, os dois também ultrapassaram a casa dos 20 pontos.

Dos seis últimos resultados positivos dos Raptors, quatro tiveram uma vantagem considerável em relação ao adversário. Encarando o Portland Trail Blazers, ele colocou 25 de diferença no placar final; Celtics, 20; Knicks, 25; Charlotte, 20.

O técnico Dwane Casey escolheu para começar o espetáculo, representando o Toronto Raptors, um quinteto composto por Kyle Lowry, DeMar DeRozan, Jonas Valanciunas, Serge Ibaka, OG Anunoby. Para enfrentá-los, o Miami Heat, treinado por Érik Spoelstra, veio à quadra com Goran Dragic, Tyler Johnson, Hassan Whiteside, Justise Winslow e Josh Richardson.

História do jogo

Quem terminou o primeiro quarto à frente do marcador foi o Toronto, 28 a 24. Kyle Lowry foi bastante participativo, distribuiu boas assistências, municiando o ataque, e também pontuou. No segundo período, o Miami foi superior, e fez 31 a 29. Dwyane Wade contribuiu com bons passes e cestas convertidas, entretanto, no estouro do cronômetro, Kyle Lowry acertou um arremesso de três, deixando 57 a 55.

Na volta do intervalo, DeMar DeRozan se sobressaiu à defesa adversária e fez a diferença. O número 10 realizou belos lances para que sua franquia pudesse abrir distância no placar, 98 a 81. O quarto decisivo reservou emoção aos torcedores e amantes do #Basquete.

Depois de fazer 41 a 26, na etapa anterior, e ter mais de 17 pontos de vantagem, os Raptors [VIDEO] não conseguiram manter o desempenho e viram o Miami Heat se aproximar e ter a chance de levar a disputa para a prorrogação. Contudo, o arremesso para três, de Josh Richardson, que empataria o confronto, acertou o aro e o cronômetro zerou.

Destaques individuais

  • Toronto Raptors - Serge Ibaka, 14 pontos, 0 assistência e 10 rebotes; Kyle Lowry, 22 pontos, 8 assistências e 4 rebotes; DeMar DeRozan, 27 pontos, 4 assistências e 2 rebotes;
  • Miami Heat - Goran Dragic, 28 pontos, 4 assistências e 2 rebotes; Dwyane Wade, 10 pontos, 6 assistências e 11 rebotes; James Johnson, 16 pontos, 0 assistência e 7 rebotes.

Próximos compromissos

  • Chicago Bulls [VIDEO] e Toronto Raptors, no United Center, nesta quarta-feira,14, às 23 horas (horário de Brasília);
  • Philadelphia 76ers e Miami Heat, no Wells Fargo Center, nesta quarta-feira, 14, às 22 horas (horário de Brasília).
#Estados Unidos #NBA