O Toronto Raptors recebeu o Miami Heat nesta terça-feira, dia 13, no Air Canada Center, pela NBA, e conseguiu ganhar seu sexto jogo consecutivo. A partida terminou 115 a 112 para os donos da casa, que continuam liderando a Conferência Leste, à frente do Boston Celtics.

Tendo o mesmo número de êxitos do concorrente à primeira posição, mas com duas derrotas a menos, o Toronto superou o time de Dwyane Wade, alcançando, ao todo, 40 triunfos na temporada, além de sair derrotado em outras 16 oportunidades.

Essa campanha credencia o bom momento vivido pelos jogadores, destacando uma série de importantes atuações dos atletas. Demar DeRozan, craque do Toronto, foi o cestinha da equipe contra o Miami, marcando 27 pontos. O armador Kyle Lowry fez 22. No duelo anterior, do dia 11, domingo, vencido contra o Charlotte Hornets, por 123 a 103, os dois também ultrapassaram a casa dos 20 pontos.

Dos seis últimos resultados positivos dos Raptors, quatro tiveram uma vantagem considerável em relação ao adversário.

Encarando o Portland Trail Blazers, ele colocou 25 de diferença no placar final; Celtics, 20; Knicks, 25; Charlotte, 20.

O técnico Dwane Casey escolheu para começar o espetáculo, representando o Toronto Raptors, um quinteto composto por Kyle Lowry, DeMar DeRozan, Jonas Valanciunas, Serge Ibaka, OG Anunoby. Para enfrentá-los, o Miami Heat, treinado por Érik Spoelstra, veio à quadra com Goran Dragic, Tyler Johnson, Hassan Whiteside, Justise Winslow e Josh Richardson.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Curiosidades NBA

História do jogo

Quem terminou o primeiro quarto à frente do marcador foi o Toronto, 28 a 24. Kyle Lowry foi bastante participativo, distribuiu boas assistências, municiando o ataque, e também pontuou. No segundo período, o Miami foi superior, e fez 31 a 29. Dwyane Wade contribuiu com bons passes e cestas convertidas, entretanto, no estouro do cronômetro, Kyle Lowry acertou um arremesso de três, deixando 57 a 55.

Na volta do intervalo, DeMar DeRozan se sobressaiu à defesa adversária e fez a diferença. O número 10 realizou belos lances para que sua franquia pudesse abrir distância no placar, 98 a 81. O quarto decisivo reservou emoção aos torcedores e amantes do Basquete.

Depois de fazer 41 a 26, na etapa anterior, e ter mais de 17 pontos de vantagem, os Raptors não conseguiram manter o desempenho e viram o Miami Heat se aproximar e ter a chance de levar a disputa para a prorrogação. Contudo, o arremesso para três, de Josh Richardson, que empataria o confronto, acertou o aro e o cronômetro zerou.

Destaques individuais

  • Toronto Raptors - Serge Ibaka, 14 pontos, 0 assistência e 10 rebotes; Kyle Lowry, 22 pontos, 8 assistências e 4 rebotes; DeMar DeRozan, 27 pontos, 4 assistências e 2 rebotes;
  • Miami Heat - Goran Dragic, 28 pontos, 4 assistências e 2 rebotes; Dwyane Wade, 10 pontos, 6 assistências e 11 rebotes; James Johnson, 16 pontos, 0 assistência e 7 rebotes.

Próximos compromissos

  • Chicago Bulls e Toronto Raptors, no United Center, nesta quarta-feira,14, às 23 horas (horário de Brasília);
  • Philadelphia 76ers e Miami Heat, no Wells Fargo Center, nesta quarta-feira, 14, às 22 horas (horário de Brasília).
Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo