O técnico do PSG descreve como "falsa" a informação que está dando conta de que Neymar vai precisar fazer uma cirurgia. Unai Emery está desmentindo completamente essa possibilidade, e diz mesmo que ainda não está descartando o astro brasileiro para o jogo contra o Real Madrid, no próximo dia 6 de março. O treinador do PSG negou nesta terça-feira (27) que Neymar será submetido a uma cirurgia para tratar seu tornozelo torcido, e ainda o ferimento em seu dedo direito. De recordar que Neymar [VIDEO] teve que ser retirado do gramado de maca, e em lágrimas, após ter torcido seu tornozelo no último jogo dos parisienses, contra o Marselha, no último domingo.

Pela demonstração de preocupação de Neymar, que estava chorando, os torcedores temeram o pior com o craque. No entanto, os primeiros exames excluíram logo a possibilidade de fratura, e Emery falou mesmo em entorse, que tanto poderia deixar o craque disponível para jogar em uma semana, ou em um mês. Por isso, estavam em aberto as chances de Neymar ainda se recuperar para o grande jogo contra o Real Madrid.

O jogo vai ser decisivo para os dois times, mas é o Real quem tem vantagem, após a vitória por 3 a 1 no Santiago Bernabéu. Resta agora para o PSG tentar reverter uma eliminação na segunda rodada da Champions League, após tanto investimento. No Brasil e na França, está se falando que Neymar vai fazer cirurgia e só deveria retornar ao Futebol em maio. Claro que ele perderia grande parte da temporada, mas poderia estar de volta a tempo para se colocar em forma para a Copa do Mundo.

Na coletiva de imprensa anterior à partida da Copa de França, precisamente contra o Marselha, na quarta-feira, o treinador do PSG explicou que é falso que Neymar seja submetido a cirurgia. "Hoje me reuni com o médico e ele me informou sobre o assunto, a extensão do prejuízo sofrido pelo jogador e a decisão que foi tomada em relação à sua recuperação: veremos como ele vai evoluir antes de tomarmos uma decisão, juntos com o próprio jogador. No momento, tranquilidade, e veremos como evoluirá nos próximos dias", disse o espanhol.

O treinador Emery se mostrou tranquilo e até confiante, negando completamente que já tenha sido tomada essa decisão tão definitiva quanto uma cirurgia, que colocaria muita coisa em risco para Neymar [VIDEO]. "Tomar uma decisão desse tipo requer muita paciência, para falar com todas as partes envolvidas", acrescentou o treinador espanhol.

Unai Emery nem descartou que o brasileiro possa chegar a tempo de jogar contra o Real Madrid. "Não está perto do sim, mas também não está descartado. Ele está ansioso, mas depende de sua evolução. Em qualquer caso, temos outros jogadores que podem substitui-lo", finalizou o comandante. Emery foi bem claro quanto à participação de Neymar no grande jogo da semana que vem: se Neymar estiver bem, ele vai a jogo, se ele não estiver, o PSG terá outras soluções.