Visando o clássico do próximo domingo (18), contra o São Paulo, no estádio do Morumbi, pela oitava rodada do Campeonato Paulista, o Santos treinou nesta sexta-feira (16), no CT Rei Pelé. Os trabalhos comandados pelo técnico Jair Ventura [VIDEO] foram feitos com portões fechados à imprensa.

A grande novidade e que animou a torcida santista [VIDEO], no entanto, foi a presença do atacante Bruno Henrique, que está fora de combate há um mês, quando lesionou o olho ao receber uma bolada no rosto contra o Linense, ainda na estreia do Campeonato Paulista. De óculos, ele fez exercícios leves e correu em volta do campo, não tendo ainda contato algum com bola.

“O pior já passou. Estou bastante feliz por estar me recuperando bem”, disse o jogador em entrevista ao portal Globo Esporte, revelando que já voltará a treinar com bola a partir da próxima semana. A data de sua volta ainda é incerta, porém nos primeiros jogos ele ainda seguirá usando os óculos de proteção. “O médico falou que é por precaução para não tomar outra bolada no olho. Mas isso é só por um tempo, depois eu vou tirar”, disse o atleta.

Ele admitiu que ao voltar ainda ficará com um pouco de receio, porém com os jogos e treinos ele acredita que esse receio passará. “É como um atleta que volta de uma cirurgia: fica com um pouco de receio”, avaliou.

Chegou para assinar

Mais recente reforço do Santos para esta temporada, o lateral-esquerdo Dodô chegou ao Brasil nesta sexta-feira (16) para a realização de exames médicos e posteriormente assinar contrato com o Peixe.

Como todas as avaliações médicas não poderão ser terminadas no mesmo dia, a apresentação oficial do atleta ocorrerá apenas na próxima semana.

O jogador chegará por empréstimo junto à Sampdoria até o final do ano com opção de compra. Seus direitos federativos foram avaliados em 1 milhão e meio de euros, cerca de 6 milhões de reais. Os valores salariais não foram revelados, porém ele se enquadrará dentro do teto orçamentário do clube, estipulado pelo presidente José Carlos Peres em 300 mil reais.

Dodô vem para suprir uma carência no time de Jair Ventura na lateral esquerda. Contratado para a posição, Romário não agradou, assim como Caju, prata da casa. No final de algumas partidas, o atacante Copete foi improvisado no setor.

O Santos joga neste domingo (18), contra o São Paulo, às 17 horas, no estádio do Morumbi. O Peixe é líder do grupo D, com 11 pontos em sete jogos. O time vem de vitória por 2 a 1, contra o São Caetano.