Não é de agora que o técnico Abel Braga e o diretor-executivo Paulo Autuori vêm alertando sobre a necessidade de o Fluminense [VIDEO] fazer mais contratações, visando o restante da atual temporada. Reconhecendo das carências no elenco, mas diante das dificuldades financeiras pelas quais atravessa o clube, a diretoria tricolor, nos bastidores, já estabeleceu que, até o início do Campeonato Brasileiro, mais três caras novas virão para as Laranjeiras.

Até o momento, já vieram os goleiros Guillermo De Amores e Rodolfo, os laterais-direitos Gilberto e Léo, além dos volantes Jádson e Aírton. Sem divulgar os alvos, o Flu espera fechar com um zagueiro canhoto, um meia e um centroavante.

Existe, ainda, a possibilidade de um atacante de velocidade ser tentado, mas, ao que parece, essa negociação foi descartada.

Em entrevista concedida antes do treino de segunda no CT Pedro Antônio, o zagueiro Reginaldo elogiou o atual elencoo, mas reconheceu que ele é bastante inexperiente para suportar as futuras dificuldades e, sendo assim, são fundamentais as vindas de atletas capazes de encorpar o grupo.

“É importante ter mais jogadores pois temos muitas competições. O time que começa o ano não é o mesmo que termina. O Abel e a direção fazem um bom trabalho e, sem dúvida, vão chegar alguns nomes para nos ajudar”, declarou.

Enquanto os novos reforços não vêm, o Fluminense [VIDEO] segue a sua rotina em 2018. No último domingo, em partida que marcou a reabertura do Maracanã para o Futebol, o Tricolor das Laranjeiras confirmou a liderança do Grupo C com 13 pontos, encaminhou a vaga nas semifinais da Taça Rio e garantiu a classificação para as semifinais do Campeonato Carioca ao derrotar, com gols de Pedro e Reginaldo, o Nova Iguaçu pelo placar de 2 a 1.

O próximo compromisso pelo Estadual acontece no domingo que vem, às 16h (de Brasília), em Bacaxá, distrito de Saquarema, diante da Cabofriense.

Antes, na quinta, a missão é bem mais complicada para os comandados de Abel Braga. A partir das 21h30 (de Brasília), no estádio da Ressacada, em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina, o Flu [VIDEO], depois de perder, de virada, no Rio por 2 a 1, encara o Avaí precisando vencer pela diferença de dois ou mais gols para avançar até a quarta fase da Copa do Brasil. Caso devolva a diferença da ida, independente do placar (o número de gols fora de casa deixou de ser critério de desempate), precisará derrotar os catarinenses nos pênaltis.