O Palmeiras voltou a vencer no Campeonato Paulista. Depois de quatro rodadas sem vitória, o Verdão bateu o São Paulo no Allianz Parque por 2 a 0. E só não fez mais porque tirou o pé. Jogando bem e invertendo bolas, o time comandado por Roger Machado teve chances de ampliar ainda mais o placar.

O atacante Dudu foi remanejado para a direita e perturbou os defensores do São Paulo. Borja se manteve bem colocado e inclusive marcou um dos gols.

Publicidade
Publicidade

O primeiro gol foi marcado pelo zagueiro Antônio Carlos, de cabeça, após cobrança de escanteio.

Após a partida, Roger elogiou bastante a entrega dos jogadores e fez elogio especial ao lateral Victor Luiz. Recém-chegado do Botafogo-RJ após fim do empréstimo, o jogador voltou em boa forma e jogando bem. Contra o São Caetano, recebeu algumas vaias por falhas pontuais, mas recuperou o prestígio totalmente contra o São Paulo. Marcou, chutou e deu um belíssimo voleio antes de Borja arrematar a bola no segundo gol. Cumpriu a função tática e foi além.

Publicidade

Mercado da bola no Palmeiras

Classificado para as quartas de final do Paulistão e com começo forte na Libertadores da América (venceu o Júnior Barranquilla por 3 a 0 fora de casa), o Palmeiras pensa ainda em mais reforços. A ideia é tornar o time ainda mais forte para a disputa do Campeonato Brasileiro e, caso se classifique, para a disputa das fases seguintes do torneio continental.

Alexandre Mattos, executivo de Futebol, esteve na França recentemente ao lado de Leila Pereira, dona da Crefisa, para acompanhar o duelo entre PSG e Real Madri.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

Eles encontraram com o pai de Neymar antes da partida e conversaram bastante. Mattos quer um zagueiro para o segundo semestre e sondou Jemerson, do Monaco. Valorizado, o executivo teve acesso aos valores e se assustou com a pedida. A negociação segue.

Outro atleta que está no radar de Mattos é Bernard, do Shakthar Donetsk, da Ucrânia. O ex-atacante da seleção brasileira terá seu contrato encerrado em junho e poderá buscar outro clube.

Bernard ainda não foi procurado e também não procurou dirigentes do clube para dialogar.

Entre o fim de 2017 e o começo de 2018, clubes asiáticos procuraram os empresários do atacante e ofereceram verdadeiras fortunas para contar com o seu futebol. No entanto, Bernard fez questão de negar as propostas e garantir que seguiria no futebol ucraniano até o fim do contrato. A imprensa ucraniana acredita que o desejo do atleta seja retornar ao Brasil, e é justamente aí que entra o trabalho de Mattos.

Publicidade

A decisão sobre a busca por Bernard deve terminar antes da Copa do Mundo.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo