Andres Iniesta revela o que deve acontecer para ele continuar no Barcelona. O espanhol falou de seu futuro em entrevista ao 'El Larguero' da Cadena SER, e disse que tem pensado muito em seu futuro. O craque voltou a deixar a porta aberta para sua saída do Barça, agora que ele está concentrado com sua seleção. Assim que terminar mais um estágio de preparação para a Copa do Mundo, Iniesta regressa a Barcelona [VIDEO], com mais certezas.

Iniesta e uma grande decisão para tomar

A contagem regressiva continua para Andrés Iniesta. Antes do dia 30 de abril, ele deve informar o Barcelona se ele executa ou não a cláusula que lhe permite deixar o clube livremente, no final da temporada.

O meia criativo tem cada vez menos dúvidas. Iniesta revelou, na entrevista: "Não tenho minha decisão tomada a cem por cento, mas não vou mudá-la por causa do que um ou outro diz. O que eu decidir será por causa do que eu sinto".

Iniesta contou que ele precisa se sentir no topo de suas capacidades para continuar jogando no Barcelona [VIDEO], ou ele prefere sair. Andres sente que vai sentir "muitas emoções", uma vez que se trata de valorizar sua situação "no clube da minha vida". O espanhol sabe que a carreira no Barça não é eterna e que "outras portas se abrem de muitas maneiras. Não será uma questão de amor, será uma questão de sentir o que acho que devo fazer. Se eu respeitar as lesões e tudo correr bem, vejo muita dificuldade em não estar em um onze do Barça nos próximos dois anos, mas uma decisão como essa vai além disso".

A China não é única opção

Quanto à equipe que ele escolheria para seguir sua carreira, Iniesta apenas confirmou que ele não sairia para jogar contra o Barcelona, ou seja, a Europa parece estar fora de questão para ele. Porém, ele se recusou em falar sobre o Futebol chinês. "Todos os cenários são possíveis, desde que o Barça não seja concorrente". Foi precisamente essa a decisão de Xavi Hernández, quando deixou o Barcelona para jogar no Qatar.

Iniesta alerta que tudo precisa ser ainda muito "falado e amadurecido". No entanto, o caminho para um novo destino parece marcado, embora o último passo ainda esteja por ser tomado.Iniesta está ciente de que a decisão sobre o seu futuro "cria debate" e que será difícil para alguém responsável pelo clube levá-lo a reconsiderar sua posição: "Eu decidirei por o que eu sinto. Não tem nada a ver com o momento ou com o clube, que conhece minha gratidão. Será uma decisão pessoal do que você sente como jogador e pessoa".

O jogador de futebol explicou que Valverde "não me pediu para ficar", embora não ache necessário, porque "desde o primeiro dia ele me mostrou sua confiança.

Eu entendo que ficaria muito feliz se ele estivesse no Barça no próximo ano. Por uma coisa ou outra, ele será o primeiro a saber ".

Substitutos de Iniesta

Sobre seus possíveis substitutos no Barcelona, Iniesta falou de Coutinho como "um jogador diferente e em um nível brutal", enquanto sobre Arthur disse: "Eu vi em alguns vídeos e suas condições parecem muito boas. No Barça, ele vai crescer muito".

Outro provável reforço para o Barça, é Griezmann, uma solução mais ofensiva que Iniesta aprova totalmente: "Os grandes jogadores sempre têm lugar nas grandes equipes. Eu não sei se ele vai chegar ou não, mas é claro que eu iria contratá-lo no sentido de que ele é um grande atacante. Vamos ver o que acontece no final".