O Flamengo deixou [VIDEO] escapar no finalzinho a vitória contra o River Plate, no Estádio Engenhão, nesta quarta-feira (28), pela primeira rodada da fase de grupos da Taça Libertadores da América. O resultado, com gosto amargo de derrota, pode complicar a vida do Rubro-Negro na briga por um lugar nas oitavas de final, uma vez que ainda terá que jogar na altitude contra o Emelec e ainda também terá os colombianos do Santa Fé, que não muito tempo atrás foi campeão da Copa Sul-Americana.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Flamengo

Para piorar ainda mais a noite, os flamenguistas ainda tiveram que ouvir uma provocação feita por um jogador do time argentino, bastante conhecido por aqui.

Tudo começou quando o goleiro Diego Alves reclamou com Lucas Pratto, que teve passagem por Atlético Mineiro e São Paulo, sobre o fato da arbitragem não estar beneficiando nenhum dos times.

“Nós somos locais. Quero ver se no seu campo é assim”, disse o jogador flamenguista que teve que escutar como resposta: “Vocês não estão jogando de ‘local’. É o campo do Botafogo [VIDEO]”, respondeu o jogador do River. A história foi revelada pelo próprio Pratto em entrevista ao canal pago Fox Sports, da Argentina.

Se na visão do goleiro flamenguista a arbitragem não estava pendendo para nenhum dos lados, sobrou reclamação por parte das equipes. Os jogadores do Flamengo reclamam de uma penalidade não marcada ainda no final da primeira etapa, quando a bola cabeceada pelo zagueiro Réver teria batido no braço direito de Zuculini, além do primeiro gol do adversário, cujo Mora estaria em posição de impedimento.

Pelo lado argentino, a reclamação é por conta de um pisão de Jonas em Enzo Perez e também de uma cabeçada de Scocco em que a bola bateu no braço de Réver, mas o jogador flamenguista estava com o braço junto ao corpo.

Com o empate, cada time soma um ponto no grupo 4 e aguarda o outro jogo da chave, que acontece nesta quinta-feira (1º), entre Independiente Santa Fé e Emelec, que se enfrentam no El Campín, na Colômbia.

O próximo compromisso do Flamengo na competição será no dia 14, quando viaja até Guayaquil, no Equador, para desafiar o Emelec, onde um novo tropeço poderá deixar a situação do time complicada.

Já pela Taça Rio, a equipe voltará a jogar no próximo sábado (3), novamente como mandante no Estádio Engenhão, quando fará o clássico diante do Botafogo. O Rubro-Negro é líder isolado do grupo B com três pontos em dois jogos. Na quarta-feira (7), o jogo será fora de casa contra o Boavista.