Atlético e Cruzeiro jogam neste domingo (04), mas o clássico não estará completo, pois Fred ficará de fora. O jogo pela primeira fase do Campeonato Mineiro [VIDEO] será de grande importância para os dois clubes, mas não deverá ser tão tenso, justamente pela ausência do craque.

Fred defendeu o Cruzeiro por mais de um ano, mas ultimamente jogava pelo Atlético-MG. Agora, de volta ao time celeste, o clima fica ruim principalmente na arquibancada. Fred sempre foi muito querido dos atleticanos, mas ninguém sabe como o torcedor irá reagir ao vê-lo defendendo justamente o maior rival do Galo. Circularam na internet algumas informações dizendo que a ausência de Fred era justamente para dar mais tempo ao torcedor atleticano para se acostumar com o craque no time adversário, mas a verdade é que ele teve uma lesão na perna direita, por isso não entrará em campo.

O jogo será às 11 horas, no estádio do Independência, em Belo Horizonte e é uma das partidas mais esperadas deste domingo. No jogo do Cruzeiro contra o Racing, pela Copa Libertadores, Fred ficou em campo apenas 5 minutos. Lesionado, o camisa 9 da Raposa deverá ficar longe dos campos pelo menos por 2 semanas e depois passará por uma nova avaliação, onde ficará definido se ele finalmente poderá jogar, ou se precisará um período maior para sua total recuperação.

Se Fred jogasse hoje, certamente a tensão no clássico mineiro seria muito grande, mas isso não significa que sem o centroavante, o jogo ficará menos atraente, pelo contrário, os dois times precisam muito desta vitória, por isso espera-se que seja uma partida de muitos ataques.

Polêmica na ida de Fred para o Cruzeiro

Como se não bastasse o fato de que Fred deixou o Atlético-MG para jogar pelo maior rival dos atleticanos, ainda tem a multa no valor de R$ 10 milhões [VIDEO], uma garantia imposta pelo Galo para não perder um de seus maiores jogadores.

Francis Mello, empresário do Fred, reconhece a dívida, mas garante que o Cruzeiro ficou responsável pelo pagamento da multa. A Justiça já notificou o time celeste, para que deposite os R$ 10 milhões imediatamente, mas isso deverá ser feito em juízo, pois o Atlético-MG tem uma dívida com a empresa WRV. O caso está tão complicado que até a CNRD - Câmara Nacional de Resolução de Disputas, já entrou no meio.

O pagamento, ou não, da dívida, é o principal assunto entre atleticanos e cruzeirenses, mas hoje, por 90 minutos, eles deixarão a questão financeira de lado e torcerão para os seus respectivos clubes.