O técnico Fábio Carille [VIDEO] deu, nesta segunda-feira (12), uma notícia que vai animar e muito o torcedor do Corinthians. Em entrevista ao canal de TV por assinatura ESPN Brasil, o treinador afirmou que o Corinthians irá trazer sete ou oito reforços. “Andrés [Sanches, presidente do clube] tem essa ideia clara de buscar sete ou oito jogadores jovens que estão se destacando”, disse Carille.

Mas diferente do que se pode imaginar a princípio, não se trata de uma reformulação de curto prazo, mas, sim, de ir ao mercado e trazer jogadores que tem potencial para defender o time no futuro, como foi o caso de Matheus Matias, de apenas 19 anos, contratado junto ao ABC de Natal.

“Garimpar e deixar ali. Se dois ou três derem certo, maravilha. Vão chegar mais jogadores nesta situação”, continuou.

Com o final dos campeonatos estaduais se aproximando, esta é justamente a melhor época da temporada para se garimpar jogadores que se enquadram dentro do perfil que a comissão técnica e a diretoria estão buscando. Muitos atletas que jogaram o Campeonato Paulista já estão começando a ficar livres no mercado e ainda existem outros dos demais estaduais.

“Sempre, essa é a busca constante, por meninos que estão se destacando no Norte, no Nordeste, no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina”, disse. Matheus Matias, que chegou com o Campeonato Paulista já em andamento, [VIDEO] deverá ser um dos dois jogadores inscritos pelo Corinthians para a segunda fase do Campeonato Paulista, quando o alvinegro terá pela frente o Bragantino.

O outro será o zagueiro Marllon, que veio da Ponte Preta.

Vai tentar liberação

A Seleção do Paraguai vai realizar um amistoso contra os Estados Unidos no dia 27 de março. A data está entre as duas semifinais do Campeonato Paulista. Já pensando em uma eventual classificação, a diretoria do Corinthians irá pedir a liberação de Balbuena e Romero, dois jogadores fundamentais na equipe de Fábio Carille.

O que pode facilitar que o pedido seja atendido é que o selecionado do país vizinho está fora da Copa do Mundo. Por se tratar de uma data Fifa, o Paraguai tem prioridade em contar com os atletas e, caso eles não sejam liberados, Henrique deverá entrar na zaga e Émerson Sheik no ataque.

Com relação ao zagueiro, a diretoria espera ainda nesta semana retomar as negociações quanto a renovação de seu contrato, que é válido até dezembro. O jogador, ou seus empresários, estão pedindo muito além do que a diretoria está disposta a pagar. O jogador já declarou que seu desejo é permanecer no Parque São Jorge.