A grande polêmica da semana no Futebol paulista foi a revelação das negociações envolvendo o lateral-esquerdo Zeca, em briga judicial com o Santos, com o Corinthians. A informação foi dada primeiramente pela Rádio Bandeiras, que afirmou que o jogador já havia feito exames médicos e se preparava para assinar um contrato de quatro temporadas com o clube do Parque São Jorge [VIDEO].

A notícia rapidamente chegou até o presidente santista, José Carlos Peres, que furioso, disse que não havia sido avisado sobre as negociações e, em tom ameaçador, prometeu que o clube que contratasse o jogador teria sérias consequências caso a Justiça desse ganho de causa ao Santos, em decisão que será tomada no próximo mês.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

As consequências citadas pelo mandatário do time do litoral referiam-se a multa rescisória. Inicialmente o valor era de 50 milhões de reais para caso ele acertasse com algum time do Brasil, porém, Peres afirmou posteriormente que o montante era três vezes maior.

Ou seja, o time que contratasse o lateral estaria arriscado a ter que pagar 150 milhões de reais, o que seria de longe a maior transação entre clubes brasileiros.

O Corinthians em um primeiro momento se mostrou tranquilo com relação a esse risco, uma vez que os empresários do atleta haviam se comprometido a pegar a multa caso ela de fato fosse cobrada. No entanto, eles acabaram recuando mais tarde e as negociações esfriaram. Nesse meio tempo, os times ainda trocaram provocações por meio das redes sociais.

Nesta sexta-feira (16), um novo – e talvez definitivo – capítulo desta novela aconteceu. Alegando que seu departamento jurídico não teve as garantias suficientes para a assinatura do contrato, o Corinthians deu oficialmente como encerrada as negociações com o jogador de 23 anos. A decisão foi informada por meio de uma breve nota oficial.

O recuo dos empresários do jogador em pagar a multa também pesou na decisão.

Anteriormente, Corinthians e Santos chegaram até mesmo a cogitar uma troca, com a equipe da Capital enviando Lucca e Marquinhos Gabriel para a Vila Belmiro, em troca do lateral-esquerdo, mas as conversas não evoluíram.

Este é o terceiro clube que Zeca tenta um acerto, mas não consegue fechar contrato. No final do ano passado, ele ficou bem próximo de assinar com o Flamengo, porém, pelo mesmo temor de pagar a altíssima multa, o clube carioca desistiu do negócio, assim como posteriormente fez o Girona, da Espanha.