O Palmeiras é um dos grandes clubes brasileiros e o mais rico da América do Sul, portanto o Verdão sempre entra como favorito nas competições que vem disputando, tendo a melhor campanha do Campeonato Paulista e iniciado a Copa Libertadores da América com um placar de 3 a 0, em cima do Junior de Barranquilla, fora de casa.

No entanto, o Verdão, mesmo com derrotas, vem firmando o que foi esperado pelo torcedor para esta temporada, pois com um elenco cheio de estrelas, o Palmeiras só poderia engatar uma boa campanha, logo ao começo da temporada. Até porque o Palmeiras largou na frente dos adversários, quando começou o planejamento desta temporada ao final do ano passado, com a contratação do técnico Roger Machado.

Porém, o que o Palmeiras não estava contando era com a perda prematura do zagueiro colombiano Yerry Mina, que acabou indo antes do determinado para o Barcelona, da Espanha, conforme um acordo que foi aceito pelo alviverde, que recebeu cerca de R$ 30 milhões pela sua ida antecipada.

Reforço para a zaga?

Desde o começo do ano, após a perda de Yerry Mina, cogita-se a vinda de um grande zagueiro para o Palmeiras, como já foram feitas ofertas, por exemplo, ao Geromel, do Grêmio, mas este não será vendido e o tricolor gaúcho já assumiu que só aceita R$ 60 milhões em troca do atleta, ou seja, não tem como comprá-lo.

Contudo, o Palmeiras se contentou com os seus zagueiros e tentou seguir a temporada, porém, mesmo com a grande sequência, o Verdão sentiu falta de um homem de referência na zaga. Por este motivo que o diretor de Futebol Alexandre Mattos viajou junto com a empresária Leila Pereira e o seu marido, donos da Crefisa e FAM (Faculdade das Américas), para o continente europeu, com o intuito de fechar com reforços.

Vai fechar?

O Palmeiras está disposto a fechar negócio com algum reforço galático para a zaga, dentre os nomes cogitados pela diretoria do clube estão Jemerson, do Monaco, Dante, do Nice, e Naldo, do Espanyol. Portanto, o jornal Estadão comunica que o interesse de Alexandre Mattos é fechar com alguns destes atletas por empréstimo [VIDEO].

O fato de que os donos da Crefisa e FAM estão viajando junto ao Alexandre Mattos dá a confirmação de que quem vai viabilizar este negócio é o investimento da empresa no clube, com a possibilidade da empresária dar a sua opinião também, uma vez que ela é a conselheira mais votada da história do clube. No entanto, ela pode opinar diretamente [VIDEO].