Depois de uma tentativa de recuperação, o Real Madrid voltou a tombar. O gigante espanhol não se acerta de jeito nenhum e já existem poucas dúvidas de que esse ano eles vão vão ganhar nada na Espanha. A chance do Real [VIDEO] salvar a temporada é mesmo a Champions, onde tudo pode acontecer ainda. No entanto, nada salva alguns embaraços e vexames que o time foi passando toda a temporada. Aconteceu mais um, essa semana, na derrota do Real, por 1 a 0, no Cornellá, para o Espanhol de Barcelona.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Cristiano Ronaldo, a estrela portuguesa do Real Madrid, não esteve em jogo, após decisão de Zidane, para ficar descansando, mas ele não poupou nas críticas, no final do jogo.

Ronaldo não teria gostado nada do que viu de seus colegas e teria revelado, entre os mais próximos, o nome do grande responsável pela crise do Real Madrid. Do ponto de vista do internacional português, não é o treinador, Zinedine Zidane, que parece ter perdido o toque mágico que ele exibiu durante a primeira temporada e meia na frente do time branco. Durante esse tempo, Zidane conseguiu conquistar duas Champions e um título do campeonato espanhol. E para Ronaldo, ele não é o culpado do que está acontecendo essa temporada, especialmente, depois do treinador já ter provado ser especial no seu trabalho de líder.

A estrela portuguesa decidiu apontar as culpas para mais alto e apontar diretamente para o presidente, Florentino Pérez. Para Cristiano Ronaldo [VIDEO], o presidente do Real Madrid errou ao fazer uma série de decisões, no início da temporada, e acabou por tornar a equipe menos competitiva.

Por exemplo, como foi apontado apenas alguns meses atrás, as saídas do clube de jogadores como Álvaro Morata, transferido para o Chelsea por 80 milhões de euros, ou o colombiano James Rodríguez, transferido para o Bayern de Munique, cedido por empréstimo, enfraqueceram o time.

Acima de tudo, o Real perdeu soluções e perdeu uma segunda linha ganhadora. James e Morata poderiam não ser titulares no time, mas sempre respondiam bem, quando eram chamados e faziam gols e garantiam muitos pontos. Agora, sempre que um dos titulares não joga, por lesão ou para descansar, as soluções não funcionam e o Real parece mais enfraquecido.

Cristiano Ronaldo, além disso, está muito chateado com a atitude que o presidente está tendo com ele. Do ponto de vista do português, Florentino Pérez está demorando para melhorar seu contrato e colocar seus rendimentos pelo menos no mesmo patamar que Leo Messi cobra no Barça e Neymar no PSG. Ronaldo não esconde e algumas fontes revelaram que ele está culpando o presidente do Real pelo insucesso do time.