Nesta terça-feira (6), o jogador Andrés D’Alessandro conseguiu finalmente concluir o ensino médio. O ídolo do Internacional de Porto Alegre estava de folga e, por isso conseguiu, finalizar, na Argentina, os exames pendentes que estavam em atraso. Aos 36 anos, o atleta foi até o Instituto River Plate, em Buenos Aires, e fazer as provas de inglês e geografia que faltavam para terminar o curso.

O meia conta com o apoio de seus colegas de time para poder fazer com que o Internacional consiga algum título este ano, além de contar com o brilho do jovem treinador Odair Hellmann, uma das revelações do futebol brasileiro no momento, fazendo um ótimo início de temporada no Campeonato Gaúcho.

O jogador conta que, a partir desse momento, poderá no futuro ser treinador de uma grande equipe, já que o começa a se preparar para a vida fora dos campos. Por isso, D’Alessandro já começa a planejar seu futuro fora dos gramados.

Internacional

Sua carreira vitoriosa passa diretamente pelo Internacional de Porto Alegre. Nome desconhecido por boa parte dos torcedores na época, D’Alessandro chegou de mansinho e, com seu bom futebol e técnica, conquistou títulos importantes pelo clube, se tornando um dos pilares de grande parte dos treinadores que passaram pelo clube.

D’Alessandro apesar de ser ídolo, sempre arranjou briga com seus adversários e é considerado um dos mais encrenqueiros do futebol brasileiro. Sua garra e determinação dentro e fora de campo são uma das várias características de sua personalidade que contribuíram para se tornar um atleta vencedor por onde passou em sua carreira.

River Plate

O período conturbado do primeiro rebaixamento do Internacional foi considerado um dos mais complicados na carreira de D’Alessandro, pois na temporada em que o time fez a pífia campanha do Brasileirão 2016, o jogador estava emprestado para seu time do coração e de origem, River Plate.

Após retornar em 2017, o jogador foi fundamental para o retorno do clube a elite do futebol brasileiro, apesar de conseguir apenas a segunda melhor campanha da série B, onde na disputa por pontos corrido o Internacional perdeu o título para o América-MG.

O maior desafio para D’Alessandro [VIDEO] nesta temporada de 2018 é fazer com que o time gaúcho volte ao cenário de conquistas, principalmente após o período conturbado que passou em 2017, com demissões de treinadores e um rendimento que não foi adequado pelo alto investimento feito pelo clube.