O que toda a mídia esportiva já cravava desde a noite de quinta-feira (8), quando o time do São Paulo deixou o gramado do Allianz Parque, após derrota no clássico diante do Palmeiras por 2 a 0, aconteceu. Após uma reunião realizada nesta sexta-feira (9), a diretoria do Tricolor decidiu por um fim a passagem do técnico Dorival Júnior [VIDEO] no Morumbi. O baixo desempenho apresentado neste Campeonato Paulista, potencializado ainda para derrotas frente aos três principais rivais deixaram a situação do treinador insustentável.

Neste Campeonato Paulista o treinador balançou fortemente duas vezes. A última após a derrota para o Ituano, no interior, quando a torcida, horas após o jogo foi protestar na frente do CT, e logo no jogo seguinte houve um empate sem gols contra a Ferroviária, porém a diretoria deu um voto de confiança e mais uma vez o segurou.

No entanto, a derrota e a postura do time apresentadas no Choque-Rei minaram a última gota de paciência da diretoria.

Dorival Júnior chegou ao São Paulo no final do primeiro turno do último Campeonato Brasileiro, no lugar de Rogério Ceni, quando a equipe estava na zona de rebaixamento. Aos poucos, principalmente após a vida de Hernanes, o time fez um bom segundo turno e quase beliscou uma vaga na pré-Libertadores. No entanto, o desempenho em clássicos já se mostrava a pedra no sapato do treinador. Com derrotas para Palmeiras no Allianz Parque e empate contra o Corinthians no Morumbi. A exceção foi a vitória contra o Santos, no Pacaembu.

Para a partida contra o Red Bull, que fecha a primeira fase do Campeonato Paulista e que vale a liderança do grupo e a vantagem de decidir uma vaga nas semifinais, contra o São Caetano, em casa, o time será comandado por André Jardine, técnico da categoria sub 20, de forma interina.

A diretoria destaca efetivá-lo como treinador. Em sua passagem pelo São Paulo, Dorival dirigiu o time em 40 jogos, obtendo pouco mais de 50% de aproveitamento em pontos. Fora 17 vitórias, 11 empates e 12 derrotas.

Campanha ruim no Paulistão

Tirando Linense e Santo André, times que estão dentro da zona de rebaixamento, o São Paulo é o time que mais perdeu no Campeonato Paulista: cinco vezes. Além das derrotas nos três clássicos, o time ainda perdeu para o São Bento [VIDEO] na estreia e para o Ituano. A sorte do Tricolor é que ele caiu no grupo tecnicamente mais fraco, uma vez que os segundos colocados dos demais grupos têm pontuação superior.