O Flamengo estreou há 15 dias na Copa Libertadores da América com um amargo empate em 2 a 2 contra o River Plate, da Argentina, jogando no estádio Engenhão, no Rio de Janeiro. Em um grupo muito equilibrado, esses pontos jogados fora diante do torcedor podem fazer muita falta no final e é em busca da recuperação que o Rubro-Negro entra em campo nesta quarta-feira (14), para encarar o emelec e a altitude do Equador, às 21h45, no estádio George Capwell, em duelo válido pela segunda rodada.

Publicidade
Publicidade

Como todos os times empataram na primeira rodada, uma vitória, além de trazer e volta a confiança do grupo, ainda deixará o time brasileiro na primeira colocação do grupo que ainda conta com o Santa Fé, da Colômbia, que só jogará no dia 5, contra o River, na Argentina.

Se for depender do retrospecto, a torcida do Flamengo tem um motivo a mais para comemorar e outro para se preocupar. A parte boa é que a última vez que se enfrentaram no Equador, o Rubro-Negro venceu por 2 a 1, isso em abril de 2014.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
PaixãoPorFutebol Libertadores

A parte ruim é que esta foi a última vitória do time fora de casa pela competição.

Para este importante confronto, o técnico Paulo César Carpegiani não poderá contar com o zagueiro Rever, que está machucado, além de Cuéllar, que cumpre suspensão. Outro problema de última hora será a ausência de Felipe Vizeu, que alegou problemas pessoais e pediu para não viajar com a delegação.

O resto do time escalado por Paulo César Carpegiani deverá ser o mesmo que já vem atuando com regularidade.

Publicidade

Com isso, a equipe entrará em campo com Diego Alves no gol, Rodinei na lateral direita, a dupla de zaga formada por Rhodolfo e Juan, e Renê na lateral esquerda. O meio de campo terá Jonas, Diego e Lucas Paquetá. Na frente Éverton Ribeiro, Éverton e Henrique Dourado.

Equatorianos com força máxima

Bem no Campeonato do Equador, onde venceu os quatro jogos que disputou em vem de vitória por 4 a 1 sobre o Desportivo Cuenca no último final de semana, quando atuou com time completo, o Emelec virá mais uma vez com força máxima para encarar o Flamengo.

O empate fora de casa em 1 a 1 contra o Santa Fé deixou os equatorianos em situação boa no grupo e agora eles também brigam pela liderança isolada.

O técnico Alfredo Arias deverá levar a campo o goleiro Dreer, a defesa formada por Paredes, Guagua (ou Silva), Mejía e Bagüí. O meio de campo terá Arroyo, Solíz (ou Quiñonez) e Matamoros (ou Luna). Na frente Burbano, Preciado e Angulo.

Mario Diaz de Vivar será o árbitro da partida. Ele será auxiliado por Milciades Saldivar e Rodney Aquino, todos eles do Paraguai.

Publicidade

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo