Palmeiras e Corinthians se enfrentaram pela primeira partida da final do Campeonato Paulista, esta foi vencida pelo Verdão, dentro da Arena de Itaquera, por um placar de 1 a 0, apenas um gol de diferença em cima do arquirrival, mas o que já é uma grande vantagem, até porque o jogo foi fora de casa.

Agora, o alviverde da capital, por ter uma melhor campanha, pode decidir a final em casa, na arena Allianz Parque, e ainda contará com a vantagem de ter o empate ao seu favor, ou seja, um 0 a 0 dá o título ao Verdão.

Entretanto, o clássico não foi só festa, até porque houve uma grande confusão entre jogadores das duas equipes, esta acabou resultando nas expulsões de Clayson e Felipe Melo, um jogador de fora para cada lado, além de alguns cartões amarelos distribuídos pelo juiz que apitou a partida.

Declaração de Felipe Melo

Felipe ficará de fora da segunda partida desta final, pois na confusão ele foi um dos expulso e, como de praxe, terá que cumprir a suspensão, assim ficando de fora do jogo decisivo.

O técnico Roger Machado já indicou a alteração que irá fazer para suprir a falta do volante, até porque, no próprio jogo, o treinador colocou o Moisés no lugar do centroavante colombiano Miguel Borja para substituir o camisa 30.

No entanto, após a partida ter terminado, o volante Felipe Melo cedeu uma entrevista, em que comentou sobre o árbitro do jogo e sua expulsão. Sobre a expulsão, o atleta afirmou que pagou pelo seu nome, pois foi uma das poucas vezes que foi expulso da partida sem, ao menos, ter feito nada.

Já sobre o árbitro, o jogador afirmou que recebeu algumas mensagens no WhatsApp em que revelavam que o juiz da partida era corintiano, mas o volante firmou que isso não mudou em nada na partida, pois conversou com o árbitro e percebeu ele, apesar de torcer para uma equipe, bem profissional e focado naquilo que faz.

Histórico de confusões e motivo da expulsão

Felipe Melo tem um histórico de confusões em partidas importantes, assim como no ano passado, quando causou muita polêmica, acertando um soco em seu adversário em um jogo da Copa Libertadores da América, contra o Barcelona, de Guayaquil, mas lembrando que a maioria das pessoas defenderam Felipe, que estava sendo encurralado por alguns uruguaios [VIDEO].

Mas esta expulsão, o juiz acusou que Felipe Melo teria passado por trás de Clayson e feito uma provocação, assim irritando o jogador adversário e causando um grande rebuliço. Vale lembrar que Felipe Melo e Clayson já se desentenderam em situações anteriores [VIDEO].