O Fluminense não ganhava um título no Maracanã desde 2005, mas, neste domingo, a espera acabou. Com muita autoridade, principalmente no segundo tempo, o Tricolor conquistou a terceira Taça Rio de sua história ao vencer o Botafogo por 3 a 0.

Além de mais uma taça, a equipe das Laranjeiras também assegurou a vantagem do empate nas semifinais contra o Vasco na quinta, às 21h (de Brasília), assim como terá o Flamengo na quarta, a partir das 21h45 (de Brasília), diante do Botafogo.

Publicidade
Publicidade

Os dois clássicos serão realizados no Maracanã.

O primeiro tempo foi marcado pelo equilíbrio. Logo aos dois minutos, aproveitando rebote, Marcus Vinícius, com uma finalização da entrada da área, só não colocou o Botafogo em vantagem porque Júlio César fez uma bela defesa. Poucos minutos depois, Ibañez marcou a bola e Brenner chutou fraco, desperdiçando nova oportunidade para o Alvinegro.

Mais eficiente, o Flu ficou em vantagem na sua primeira chegada.

Publicidade

Aos 12 minutos, Ayrton Lucas tabelou com Sornoza e deu um leve toque para Pedro. Mostrando frieza, o centroavante dominou e, de pé direito, estufou as redes. Jefferson ainda tocou na bola, mas não pode evitar o gol tricolor.

Atrás no placar, o Botafogo aumentou a pressão e, em três momentos, quase igualou o clássico. Mais uma vez, o time dirigido por Alberto Valentim esbarrou na pouca eficiência de seus atacantes, além do bom sistema defensivo do Fluminense, que, em contra-ataques, também incomodou a meta adversária.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Depois do intervalo, os times voltaram com a mesma formação, no entanto, o Fluminense ajustou a marcação. Aquela liberdade que o Botafogo encontrava já não existia e o Tricolor, que já fazia bom jogo, sobressaiu ainda mais. tanto que, aos dez minutos, fez o segundo em um belo lance. Depois de cruzamento de Ayrton, Pedro deu um passe primoroso de peito e Marcos Júnior, com extrema frieza, na saída de Jefferson, deu um leve toque no canto direito.

A partir desse momento, o Fluminense se limitou a fechar os espaços. Do outro lado, o Botafogo, mesmo tendo domínio na posse de bola, praticamente não ameaçou Júlio César, a não ser aos 45 minutos, quando, em um finalização à queima-roupa de Renatinho, demonstrou a sua ótima fase com uma defesa com os pés. No rebote, Pablo Dyego, que havia substituído Marcos Júnior, deu um lançamento para Jádson avançar, entrar na área e tocar no ângulo direito de Jéfferson.

Publicidade

Fluminense 3 a 0, Taça Rio garantida e, agora, é pensar no Vasco. Ao Botafogo, é juntar os cacos e tentar a reabilitação diante de outro rival, o Flamengo.

FICHA TÉCNICA

FLUMINENSE 3X0 BOTAFOGO

Competição: Taça Rio - Decisão

Local: Maracanã

Data: 25 de março de 2018 (domingo)

Gols: Pedro (12'/1ºT), Marcos Júnior (10'/2ºT) e Jádson (45'/2ºT)

Árbitro: Bruno Arleu de Araújo, auxiliado por Thiago Henrique Corrêa Farinha e Carlos Henrique Alves

Cartões amarelos: Richard, Marcos Jr (FLU) Marcelo, Rodrigo Lindoso, Moisés (BOT)

Renda: R$ 774.000,00

Público presente: 26.842 torcedores

Público pagante: 22.838 torcedores

FLUMINENSE: Júlio César; Renato Chaves, Gum e Ibañez; Gilberto (Léo), Richard, Jadson, Sornoza (Douglas) e Ayrton Lucas; Marcos Júnior (Pablo Dyego) e Pedro.

Publicidade

Técnico: Abel Braga

BOTAFOGO: Jefferson; Marcinho (Luis Ricardo), Marcelo Benevenuto, Igor Rabello e Moisés; Marcelo (Rodrigo Pimpão), Rodrigo Lindoso, Marcos Vinicius (Renatinho) e Léo Valência; Luiz Fernando e Brenner

Técnico: Alberto Valentim

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo