Gabriel chegou com tudo ao time do Santos marcando gols em suas primeiras três partidas pelo time da Vila Belmiro. No entanto, a contusão sofrida no jogo contra o Santo André o deixou de fora de algumas partidas do Campeonato Paulista, incluindo o clássico contra o Corinthians (mas neste caso ele também estava suspenso). Os gols sumiram e, para completar, ele ainda foi expulso no jogo contra o Nacional do Uruguai, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América.

No entanto, nada disso parece que foi capaz de abalar a confiança do santista, que disse não se importar com o jejum de bolas na rede e ainda mandou um recado antes do jogo desta terça-feira (27), contra o Palmeiras, pela segunda partida das semifinais do Campeonato Paulista. “Não me preocupa. Se eu fizer dois na terça, está ótimo”, disse o atacante santista.

E fazer gols é o que realmente a equipe precisa para continuar sonhando em chegar à decisão.

Para isso, terá que quebrar outro incômodo jejum. Desde a derrota por 3 a 1 para o São Bento de Sorocaba, pela última rodada da primeira fase, o time não marca gols no Campeonato Paulista. De lá pra cá foram dois empates zerados contra o Botafogo de Ribeirão Preto, além da derrota contra o Palmeiras, que faz tempo que não tem sua meta vazada. Para piorar, o time já acumula seis jogos sem vitória no Paulistão.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Santos

A confiança também se faz presente quando o jogador é questionado sobre as chances do time em reverter esse cenário desfavorável. “Lógico que dá para reverter. A gente precisa de um gol para levar para os pênaltis”, disse o jogador. Para ele, faltou um pouco de sorte, e também calma nas finalizações, no primeiro jogo. O centroavante ainda fez questão de elogiar o goleiro palmeirense. “O Jailson viveu uma noite feliz”, disse.

O jogo entre Palmeiras e Santos está agendado para esta terça-feira (27), às 20h30, no estádio do Pacaembu, desta vez com mando de campo do time verde. Para passar, o Santos tem que vencer por dois gols de diferença ou por um para levar a decisão para as penalidades.

Para este jogo, o técnico Jair Ventura já sabe que não poderá contar com o volante Léo Cittadini, que sofreu uma lesão na coxa no jogo de sábado.

Renato deve ser seu substituto. A grande novidade na lista dos 23 jogadores relacionados por Jair Ventura será a presença do lateral Victor Ferraz. O jogador não atua desde o empate em 1 a 1 com o Ituano, no estádio do Pacaembu, e deverá ficar como opção para o banco de reservas.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo