Gerard Piqué fez várias revelações bem íntimas, em uma publicação do 'The Players Tribune'. O zagueiro do Barcelona falou de vários temas mais intimistas de sua vida e carreira de Futebol, e não se escondeu, na hora de falar um pouco mais sobre Leo Messi [VIDEO]. Muitas vezes considerado polêmico, Piqué revelou um pouco mais sobre a estrela maior da equipe, e acabou surpreendendo.

O espanhol é várias vezes acusado de falar demais e até de ser provocador, e talvez, essa entrevista chegue no momento certo. Defensor da situação da Catalunha, contra a Espanha que ele representa no futebol, Piqué não falhou nenhum tema, nem os mais polêmicos.

Além de contar que compartilha um grupo do WhatsApp com jogadores do Real Madrid que fazem parte da seleção espanhola, o zagueiro do Barcelona também detalha, entre outros assuntos, o motivo que o levou a querer vestir a camisa da seleção espanhola.

Orgulho de Piqué por jogar na seleção

Esse seria, sem dúvida, o tema mais quente da entrevista. Mas Piqué não negou que sempre sonhou vestir a camisa da Espanha, apesar de ser catalão: "Todos nós jogamos pelo mesmo país, com o mesmo sonho e isso é algo de que tenho muito orgulho. Desde que eu era menino e vi Luis Enrique com a camisa ensanguentada na Copa de 1994, meu sonho era jogar com a seleção", contou Piqué, antes de se declarar "muito orgulhoso" por representar essa seleção, rejeitando ser um traidor, apenas por apoiar a causa da Catalunha.

Messi "é um alien"

Uma das revelações mais bombásticas de todas foi mesmo quando Piqué falou sobre seu companheiro de equipe mais mediático de todos: Leo Messi. [VIDEO] E o espanhol acabou declarando a perspetiva de quem assiste de perto como é um dos melhores de sempre. E Piqué resume o argentino em uma frase: "Messi é um alienígena". Depois, ele explicou com mais palavras o que significa, para ele, jogar do lado de alguém tão especial como é Messi.

"Ele não é deste planeta. Ele é o maior jogador de futebol que eu já vi. Não é a maneira em que ele ataca. Para mim, a razão pela qual ele é de outro planeta, é por causa do que acontece quando ele não tem a bola. Talvez você não veja na televisão, mas eu posso ver isso no campo. Você tem que ver seu rosto quando ele corre para ganhar uma bola a um defensor. Ele tem aquele olhar em seus olhos que eu não vi nenhum outro jogador. É o que te faz ótimo. Ele não está interessado no show. Raramente bicicletas ou malabarismos. Sua grandeza é sua obsessão em ganhar a bola", revelou o zagueiro.

Piqué e Messi jogaram juntos desde crianças, até porque eles são da mesma idade. Apenas ficaram separados, quando Piqué foi procurar por novas oportunidades no Manchester United. Por essa altura, Messi já era estrela da equipe, mas Piqué precisou sair para provar que merecia regressar. Quando foi chamado, ele regressou logo e assumiu, junto com Puyol, a defesa do Barça, por muitos anos de enorme sucesso.