O goleiro Jaílson é o grande herói do Palmeiras nesta temporada, mas a sua passagem pelo alviverde da capital não se caracteriza por apenas momentos bons, até porque chegou muito contestado à equipe.

O Palmeiras tem o maior investimento das Américas, por isso tem muitos jogadores de valores altíssimos dentro do elenco. Jaílson não é um deles. O goleiro veio, praticamente, de forma gratuita ao clube e hoje é o principal jogador palmeirense.

O grande herói do Verdão nesta classificação para a fase final do Paulistão foi o goleiro Jaílson.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Palmeiras

Ele evitou que muitos gols do rival Santos acontecessem e acabassem lacrando o caixão da equipe alviverde da capital. Mas não é de hoje que o amor da torcida palmeirense com Jaílson vem crescendo.

Episódio vivido!

O goleiro Jaílson se tornou um dos ídolos da torcida palmeirense após a lesão do goleiro Fernando Prass, em 2016. Com isso, o técnico Cuca escolheu Jaílson para substituir o líder daquele elenco. Jaílson atuou durante 19 partidas daquele Brasileirão, não tendo perdido nenhuma.

O goleiro segue invicto no Campeonato Brasileiro da Série A e conquistou a titularidade absoluta no Verdão. Entretanto, o lance entre Palmeiras Jaílson nem sempre foi só amor.

O jogador chegou ao Palmeiras em outubro de 2014, pois Prass tinha se lesionado e a diretoria alviverde buscou a contratação de um atleta. Jaílson não atuou em nenhuma partida daquele ano. Anteriormente, ele era reserva no Ceará.

Jaílson revela que, em dezembro de 2014, dois meses após ter sido contratado, a diretoria do Palmeiras o liberou para procurar um novo clube, pois ele não fazia mais parte dos planos do Verdão para o ano seguinte.

Revira-volta!

O diretor de futebol, Alexandre Mattos, chegou ao Palmeiras em 2015 e pediu autorização ao presidente, na época, Paulo Nobre, para ir atrás de Jaílson e fechar com o mesmo, pois já conhecia o atleta.

Jaílson já estava quase fechado com outro clube do Paulistão, quando Mattos o procurou para renovar o seu contrato. O diretor de futebol conta que já conhecia o atleta da época que trabalhava no América-MG, e o goleiro jogava no Guaratinguetá.

"Tentei contratá-lo em 2009, mas não consegui”, relembra o diretor executivo do Verdão [VIDEO].

Na época que Mattos fechou com o atleta, a decisão foi muito contestada pela torcida. Em 2015, Jaílson jogou uma partida oficial contra o Novorizontino e se lesionou, só ficando disponível em 2016. Já neste ano, todos sabem o restante da história [VIDEO].