Um jogador de 25 anos da Croácia, Bruno Boban, faleceu neste domingo, dia 25 de março, após receber uma bolada no peito em uma partida pela terceira divisão da croácia. O jogador atuava pelo Marsonia, e seu time estava enfrentando o Pozaga Slavonija.

A imprensa local divulgou algumas informações, e de acordo com as informações, haviam chutado a bola na altura do peito do jogador, que continuou andando pelo campo por um tempo até cair inconscientemente no chão. Ainda não sabem se o fato do jogador ter recebido uma bolada na altura do peito tem alguma relação sobre sua morte momentos depois, isso será revelado com o diagnóstico.

O jogador havia recebido atendimento médico por volta de 45 minutos - ele recebeu atendimento de médicos e de membros de sua equipe, e da equipe adversária, logo após uma ambulância socorreu Boban. Na hora do ocorrido, os jogadores que estavam em volta vendo a cena ficam desesperados.

O técnico do seu time, Robert Spehar, falou para a imprensa sobre a morte do jogador, e disse que não havia perdido apenas um jogador, mas sim um filho. O mesmo afirma que o jogador recebeu massagem cardíaca e respiração artificial. Robert também diz que seu jogador até chegou a voltar por um momento, mas não conseguiram salvá-lo. Ele também afirma que todos os jogadores do clube estão tristes e chorando pela morte do companheiro de equipe.

A morte do jogador gerou comoção em seu país, Croácia [VIDEO]. O mesmo era irmão de Gabrijel Boban, que era jogador do Osijek, time da primeira divisão.

Seu irmão deixou o time imediatamente após o ocorrido para passar um tempo com os familiares, que lamentavam a tragédia do jovem rapaz. Ambos irmãos são "primos distantes" de um ex-jogador do Milan, que havia brilhado nos anos 90, Zvonimir Boban.

Todos os clubes de todas as divisões da Croácia se manifestaram pelas redes sociais para pesar pelo falecimento do jovem jogador. O jogador Mario Mandzukic, jogador da Juventus [VIDEO] e da seleção croata se manifestou sobre o ocorrido pelo Instagram, dando seus sentimentos para quem vivia ao lado do rapaz, para a família, amigos e para seus companheiros de time.

Essa é a terceira morte que o Futebol recebe no mês de março. No início do mês, o jogador da Fiorentina, Davide Astori, havia sido encontrado morto em seu quarto antes da partida contra o clube Udinese, partida do Campeonato Italiano. E houve mais um caso em que o futebol se despediu nesse mês.,Thomas Rodriguez morreu enquanto estava dormindo no CT (Centro de Treinamento) do Tours FC, time francês que atuava.