Convivendo com sérios problemas financeiros, o Fluminense [VIDEO] segue buscando alternativas para reforçar o seu elenco, visando o restante da atual temporada e, nesta quarta, o jornalista Gilmar Ferreira, em sua coluna eletrônica do Extra, periódico do Rio de Janeiro, divulgou que o Tricolor, atendendo a um pedido do técnico Abel Braga, estaria interessado na contratação dos meias Douglas Lima e Luciano Naninho, ambos do Madureira.

Podendo também ser escalado na lateral-esquerda, Douglas Lima tem 23 anos e ficou conhecido pelo lance que originou a fratura no tornozelo direito de Gustavo Scarpa, hoje no Palmeiras, durante as semifinais da Taça Guanabara do sábado de carnaval do ano passado, quando o Fluminense, no estádio de Los Larios, garantiu a presença na decisão do torneio, do qual se sagraria campeão, com um empate sem gols diante do Madureira.

Já Luciano Naninho, com 25 anos, iniciou a carreira no Vasco e, em seu currículo, tem passagem pelo Bangu.

Como de praxe, ninguém no clube fala sobre as negociações em andamento. Além de um meia, o Tricolor das Laranjeiras quer as contratações de um zagueiro canhoto e de um centroavante de ofício. Um atacante de velocidade também pode ser tentado, mas, nesse caso, não seria uma prioridade.

Flu empata clássico e mantém liderança do Grupo C na Taça Rio

Enquanto a diretoria trabalha fora de campo, dentro dele, o Fluminense teve mais um clássico pela Taça Rio. Jogando no Nilton Santos, sob os olhares de pouco mais de seis mil presentes, o Tricolor fez uma partida de baixo nível técnico contra o Vasco e não saiu de um 0 a 0 pela quarta rodada do terceiro turno do Campeonato Carioca.

Com o resultado, a equipe das Laranjeiras chegou aos dez pontos e mantém-se na liderança do Grupo C da Taça Rio, ficando muito perto de garantir uma vaga nas semifinais da competição estadual.

O Fluminense até começou melhor e quase abriu o marcador logo no primeiro lance. Depois de boa jogada de Marcos Júnior pela direita, a bola foi lançada na área, mas Pedro não acertou a cabeçada, desperdiçando a oportunidade.

Aos poucos, o Vasco equilibrou as ações e o clássico ficou mais pegado. Aos 45, porém, o Flu [VIDEO] teve a melhor chance da etapa inicial. Aproveitando erro da zaga cruzmaltina, Gilberto entrou na área e cruzou. Livre, Sornoza tentou deslocar Martin Silva de cabeça, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A segunda etapa não começou bem para o Tricolor. Aos dois minutos, o equatoriano Riascos avançou pela direita, passou por Ibañez e cruzou forte. Júlio César não alcançou, mas Rildo, com o gol vazio, finalizou torto.

Passado o susto, o Fluminense tentou valorizar a posse de bola, no entanto, o baixo poder de criação fez com que o time praticamente não ameaçasse a meta defendida por Martin Silva. A exceção veio perto dos 30 minutos, quando Junior Sornoza, da entrada da área, carimbou a trave direita do arqueiro vascaíno.

No domingo, a partir das 19h30 (de Brasília), a agremiação verde, branco e grená enfrenta o Nova Iguaçu, confronto que representará a sua volta a Maracanã em 2018. O Flu não atua no palco da decisão da Copa do Mundo de 2014 e das finais dos torneios de futebol (masculino e feminino) das Olimpíadas de 2016 desde o último dia 20 de janeiro. Na ocasião, não saiu de um 0 a 0 com o Botafogo.