Leo Messi está firme em seus desafios. O astro argentino [VIDEO] está chegando na reta final da temporada, a fase mais importante, em que tudo se decide. No Barcelona, ele tem o campeonato no bolso e está na final da Copa do Rei, e tem na sua frente os dois eventos mais importantes do Futebol mundial: a Liga dos Campeões e a Copa do Mundo, na Rússia. Mas, precisamente, por essa ordem. Primeiro, é a Champions, já com adversário seguinte, que é a Roma, e que deixa boas perspetivas para os catalães se apurarem para as meias-finais.

Messi quer o Real Madrid

Aliás, Barça e Real Madrid são os favoritos para chegar às semifinais da mais alta competição europeia.

Messi sabe que para recuperar seu trono, que nesse momento tem Cristiano Ronaldo, graças à Bola de Ouro, ele precisa ir mais longe na Liga dos Campeões do que seu principal rival. E, por isso, ele é claro sobre a situação. Ele quer jogar contra o Real Madrid na semifinal da Champions.

Leo Messi está convencido [VIDEO] de que o Barcelona é, nesse momento, uma equipe muito superior ao Real Madrid. Na verdade, eles estão constantemente lembrados de que em dezembro, o Barcelona ganhou 0 a 3, no Santiago Bernabéu, em Madri, dando uma verdadeira lição nos campeões europeus. Messi quer se medir cara a cara com Cristiano Ronaldo e deixar claro para o mundo quem é o melhor.

De Madri chega a resposta

No Real Madrid eles entendem o otimismo que é respirado no ambiente culé, mas eles não recuam. Eles sabem que o que marca uma temporada é a Champions, e eles estão preparados para levantá-la pela terceira temporada consecutiva.

E isso o Barça nunca conseguiu na sua história, nem perto disso. A verdade é que quando o assunto é Champions, o Real Madrid se engrandece como nenhum outro time.

Por isso, No vestiário branco, eles não temem ninguém. Nem mesmo o Barça de Messi. Eles sabem que seu único tiro está na competição europeia e eles enfrentam isso com outra mentalidade. Por muito confiante que Messi esteja, ele fica já sob aviso.

Messi, melhor jogador do ano

O Observatório Internacional do Futebol (CIES) produziu um relatório no qual analisa todos os jogadores das cinco principais ligas (espanhola, alemã, inglesa, italiana e francesa) durante os últimos três meses. Messi é, sem surpresas, o jogador com maior pontuação na lista e, por isso, ele está sendo o melhor jogador do ano.

A lista foi feita por posições. Hugo Lloris ganhou a análise entre os goleiros, Kalidou Koulibaly é o melhor zagueiro, Mário Rui na lateral, Toni Kroos aparece como meia defensivo e Christian Eriksen como meia criativo, Leo Messi se impõe na posição de ala, enquanto Cristiano Ronaldo se destaca entre os atacantes.