O Palmeiras já sabe o adversário das semifinais do Campeonato Paulista 2018: o Santos. Em dois jogos no Pacaembu, o Verdão decidirá vaga na final do Estadual. Do outro lado, Corinthians e São Paulo iniciam a disputa por outra vaga na grande decisão do Paulistão.

Vários horizontes começam a se abrir. Podemos ter, após longos anos, mais uma decisão entre Palmeiras e Corinthians. A última vez que o embate aconteceu foi em 1999, onde o Alvinegro levou a taça dias após o Verdão conquistar a Copa Libertadores da América.

Na ocasião, Edilson fez embaixadinhas e provocou briga generalizada em campo.

Na fase de grupos, Palmeiras e Santos se enfrentaram no Allianz Parque e deu Verdão: 2 a 1. Agora o duelo é válido pelo mata mata das semifinais, e o técnico Roger Machado já está preparando a equipe.

Existe remota possibilidade de Jaílson ganhar efeito suspensivo e jogar. O goleiro foi suspenso pelo Tribunal de Justiça Desportiva e tem que cumprir mais uma partida (já cumpriu duas). O jurídico palmeirense entrou com efeito suspensivo e, se for aceito, ele será liberado até o dia do próximo julgamento.

Briga por Scarpa

O Fluminense se posicionou sobre a briga pelo meia Gustavo Scarpa. O time carioca garantiu que não tem intenção de ter o atleta de volta, mas quer saída 'amigável'. De acordo com Miguel Pachá, vice-presidente de interesses legais do clube, Scarpa deixou o clube pelas portas dos fundos e que, agora, com a queda da liminar, terá a chance de rever tal atitude.

Pachá quer um acordo com o Palmeiras e não descarta envolver atletas.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Palmeiras

No clube paulista, alguns jogadores não são utilizados e podem, de fato, serem envolvidos. Um deles é o meia Hyoran, que veio da Chapecoense no final de 2016.

A diretoria jurídica do Palmeiras entende que o resultado final será positivo para o Alviverde. No entanto, trata-se de um jogo de paciência. Um novo encontro nos Tribunais acontecerá dia 13 de abril e nova discussão deve ocorrer.

Uma compensação financeira não está descartada, mas o Palmeiras tentará evitar dispor de dinheiro neste caso. Quer outro tipo de negócio, outro tipo de conversa.

Erro

O Tribunal Regional do Trabalho que publicou a queda da liminar errou na hora de dar o 'enter'. Na publicação inicial, o órgão liberava Scarpa para voltar ao Palmeiras. Ao reconhecer o erro, o texto foi editado e confirmou o vínculo de Scarpa com o Fluminense novamente.

O técnico Roger Machado quer contar com o jogador e aguarda solução para o caso.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo