James Rodríguez ainda é jogador do Real Madrid, mas poderia passar bem rápido para o rival [VIDEO], sem que o Florentino Pérez nada pudesse fazer. O craque colombiano foi uma das surpresas da temporada. O jogador estava no Real Madrid e foi cedido, de forma surpreendente. O Real deixou uma de suas maiores estrelas sair, por empréstimo, supostamente por pedido de Zinedine Zidane, que não era o maior fã das qualidades do colombiano. O jogador foi para o Bayern de Munique, onde poderia ficar emprestado por dois anos, e depois regressar no Real Madrid ou ser comprado pelos alemães, que têm essa opção do seu lado.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

A temporada ainda está longe de terminada está correndo muito bem a James, que tem meia liga alemã no bolso e está nas quartas de final da Champions, quando vai reencontrar o Sevilha, time que conhece de seus tempos no Santiago Bernabéu.

Ou seja, o Bayern tem boas chances de se qualificar para as meias-finais de uma prova que conhece muito bem, e que já ganhou.

Enquanto isso, Bayern e Barcelona estariam já em negociações, que poderiam deixar o Real Madrid [VIDEO] em perigo. Supostamente, James Rodríguez está contando seus dias na Alemanha. O astro colombiano nunca escondeu que o seu grande desejo é voltar para a Espanha o mais rápido possível, e em particular para o Real Madrid que o emprestou, mas sem Zidane. James deixou bem claro que não quer trabalhar nunca mais com o francês.

A partida de Zidane, que parece quase certa, abriria as portas para Rodríguez, embora o Bayern tenha outros planos. O clube de Munique quer tornar efetiva a opção de compra de James para usá-lo como moeda de troca, ou para guardá-lo no time, em uma altura de renovação no time bávaro.

Jogadores veteranos, como Frank Ribéry ou Arjen Robben estão de saída, e é precisamente aí que James entraria na renovação do time.

No entanto, Jupp Heynckes poderia ainda ter outras intenções. O treinador é um admirador de Ousmane Dembélé. O alemão colocou-o na lista do clube em Munique antes mesmo de ele chegar ao Borussia Dortmund. Heynckes sabe que esse era o momento certo para atacar o francês, uma vez que ele ainda não encontrou seu lugar em um Barcelona, que até já tem Griezmann acordado. O francês poderia não ter tempo de se afirmar até o final da temporada e aí, ter que sair da Catalunha.

Dembelé poderia não ter muitas oportunidades mais e é exatamente por essa razão que Jupp Heynckes está insistindo com a diretiva do Bayern, e aí entraria James como moeda de troca. Antes, o Bayern tem que comprar o jogador, para depois incluir na troca para o Barcelona, uma negociação, que já estaria decorrendo, de acordo com o site Don Balón, e que não vai agradar nem um pouco para o Real Madrid.