Apresentador do “Os Donos da Bola”, o comentarista esportivo e ex-jogador Neto causou polêmica [VIDEO] no programa desta quinta-feira (29), ao levar aos estúdios do programa um caixão com o símbolo do São Paulo, em referência a eliminação do Tricolor nas semifinais do Campeonato Paulista.

Na quarta-feira, o São Paulo perdeu para o Corinthians nos pênaltis, após tomar um gol aos 47 minutos do segundo tempo, quando a classificação estava bastante próxima.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

O “enterro” simbólico virou piada para os corintianos e desagradou aos são-paulinos.

Neto colocou fotos de jogadores e dirigentes dentro do caixão. Entre eles, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, presidente do São Paulo; Raí, diretor de futebol; Diego Lugano, superintende de relações institucionais; Ricardo Rocha, coordenador; e os jogadores Diego Souza e Rodrigo Caio.

O primeiro a ter sua foto colocada dentro do caixão foi o treinador do Tricolor Diego Aguirre.

No final do programa, o craque Neto deitou dentro do caixão e pediu que os colegas de “Os Donos da Bola”, Dirceu Maravilha, Ronaldo Giovanelli e Velloso fechassem a tampa.

Em determinado momento, Neto recordou que a brincadeira dos caixões era feita pelo jornalista Milton Neves, no extinto “Debate Bola”, exibido no horário do almoço na Record TV, no início dos anos 2000.

O quadro sempre dividiu opiniões. Para alguns, é uma brincadeira sadia. Para outros, uma provocação desnecessária à torcida do time que foi derrotado. No “Debate Bola”, Milton fez “enterros” épicos, como o do Corinthians, após a eliminação na Copa Libertadores da América de 2003.

Rixa de Neto com o São Paulo

Além do programa na TV aberta, Neto também apresenta o “Baita Amigos”, no Bandsports.

O debate esportivo era transmitido ao vivo direto do Estádio do Morumbi. A diretoria do Tricolor, no entanto, decidiu tirar o programa de Neto do estádio. Para o apresentador, ficou a sensação de que ele foi expulso do estádio e a rixa entre Neto e o clube ficou mais acirrada.

Entre os torcedores do São Paulo, é praticamente unanimidade à rejeição ao ex-jogador corintiano pelos comentários que costuma fazer na TV. Sem esconder que é corintiano fanático, Neto muitas vezes deixa a imparcialidade de lado e torce descaradamente pela equipe do Parque São Jorge. A presença de jogadores corintianos com medalha e troféu do título do Campeonato Paulista do ano passado no programa de Neto, no Morumbi, foi o estopim para a revolta e a retirada do “Baita Amigos” do estádio. [VIDEO]