O Fred vai te pegar! De 2009 a 2016, esse foi o grito entoado pela torcida do Fluminense [VIDEO] no Maracanã, exaltando o centroavante, atualmente no Cruzeiro e que, durante a sua passagem pelo clube, conquistou dois Brasileiros (2010 e 2012), o Estadual de 2012, além de ser, por diversas vezes, artilheiro da equipe, tornando-se, com isso, um dos ídolos da história da agremiação. No domingo, o cântico sofreu uma pequena adaptação. Autor do primeiro gol e responsável por uma assistência de peito para Marcos Júnior, fazer o segundo, Pedro recebeu a mesma homenagem dos tricolores após ver o time levantar a Taça Rio, terceiro turno do Campeonato Carioca de 2018, com uma contundente vitória de 3 a 0 sobre o Botafogo.

Perguntado, o jovem atacante fez questão de agradecer o carinho e espera, a cada partida, crescer de rendimento para não decepcionar a confiança depositada.

“Sei do peso que é ser titular do Fluminense [VIDEO]. Sempre sonhei com esse momento, a torcida gritar meu nome no Maracanã em uma final”, disse.

Também no domingo, Fred sofreu uma ruptura no ligamento cruzado anterior do joelho direito durante as semifinais do Campeonato Mineiro (vitória de 2 a 1 sobre o Tupi, no Mineirão) e só deverá retornar aos gramados no ano que vem. Ressaltando a importância do antigo companheiro até no seu início de trajetória pelo profissional do Fluminense, quando chegaram a treinar juntos em 2016, Pedro do Tricolor enviou uma mensagem de apoio e torce para que ele volte o mais rápido possível.

“O Fred é um ídolo para mim. Sempre o acompanhei quando subi para o profissional, seus treinos de finalização. Um cara que entende muito da área”, complementou.

Pedro se tornou titular absoluto após a saída de Henrique Dourado para o Flamengo. Mesmo com o sucesso do garoto, a diretoria do Fluminense reconhece a sua inexperiência e busca reforçar o setor ofensivo. Um dos nomes especulados é outro velho conhecido do torcedor: Rafael Moura, centroavante do América-MG e que já teve duas passagens pelas Laranjeiras, conquistando os títulos da Copa do Brasil de 2007 e o Brasileirão de 2012.

Após o título da Taça Rio, o Fluminense se reapresenta somente na tarde de terça no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca. Na quinta, a partir das 21h (de Brasília), no Maracanã, enfrenta o Vasco por uma das semifinais do Cariocão. Por ter feito campanha superior ao adversário ao longo da competição, o Tricolor tem a vantagem do empate para carimbar presença na decisão.