O Palmeiras é considerado o clube com o maior investimento das Américas, por conta dos patrocínios da Crefisa e FAM (Faculdade das Américas). A diretoria do Verdão vem fazendo um planejamento avançado, uma gestão comparada com as de clubes europeus.

Um dos pensamentos que a diretoria palmeirense mudou foi sobre o tratamento com as categorias de base do clube, pois os grandes clubes do mundo todo tem boa parte de seus atletas formados nas próprias bases das respectivas equipes.

O diretor de Futebol Alexandre Mattos é o responsável pelas contratações do time, sendo que, agora, o Verdão também tem o ex-jogador e ídolo da equipe, Zé Roberto, gerindo as categorias de base do Palmeiras.

Portanto, os atletas têm o cuidado de um ex-atleta muito conceituado no mundo do futebol.

Comprou?

O Palmeiras vem analisando os jogadores das categorias de base e, principalmente, aqueles que estão com os seus contratos sendo encerrados. Contudo, a diretoria palmeirense acabou perdendo um atleta importante. O meio-campista camisa 10 José Aldo não quis renovar com o Verdão por achar que não teria espaço na equipe titular do Palmeiras.

Por outro lado, o Palmeiras correu para definir o futuro de alguns outros atletas, anunciando a compra do jovem Gabriel Furtado. Muito talentoso, porém, deve ser emprestado para alguma equipe de pequeno porte, enquanto o Palmeiras ainda não precisa dele.

A ideia de segurar esses jovens atletas é para utilizá-los no elenco principal, mas caso esses acabem não rendendo o esperado no profissional do Palmeiras, ou então acabem não tendo espaço, por conta da grande concorrência, é viável uma venda do jogador, pois assim o clube lucra bastante e incha, ainda mais, os seus cofres.

Mais reforços?

É possível que o técnico Roger Machada traga mais jovens das categorias de base para o elenco principal, mas agora fica um pouco difícil para esses emergentes subirem, pois o Verdão formou um time muito compacto e cheio de estrelas, o que torna bem complicado que surja um jogador.

A esperança dos palmeirenses é que surja um 'novo Gabriel Jesus', pois o camisa nove da Seleção Brasileira foi o primeiro, depois de muitos anos, a surgir levando o nome do Palmeiras para o mundo todo [VIDEO].

Hoje em dia, ele é peça fundamental na Seleção Brasileira e atua pelo Manchester City, apesar de estar voltando de lesão. O centroavante deseja reascender em busca da titularidade no clube inglês [VIDEO].