De todos os times que iniciaram a fase de quartas de final do Campeonato Paulista, o Palmeiras é disparadamente o que conseguiu a maior vantagem. Jogando fora de casa, no último sábado (17), o Verdão goleou o Grêmio Novorizontino [VIDEO] por 3 a 0, o que lhe deixa em situação mais que confortável, enquanto que seus principais rivais terão que vencer em casa pra confirmar a vaga. O duelo que vale vaga na semifinal será nesta quarta-feira (21), às 21h45, no Allianz Parque.

Além da ampla vantagem a seu favor, o Palmeiras ainda conta com um interessante tabu em sua nova casa. Em 100 jogos disputados no Allianz Parque, o time perdeu 17 vezes, porém, nunca com diferença superior a três gols, que é o que a equipe do interior de São Paulo precisa para levar a disputa para as penalidades.

Em cinco ocasiões, a derrota por 2 a 0, maior diferença de gols sofrida até aqui.

Todos esses fatores, no entanto, não fazem Roger Machado acreditar que a classificação já está garantida. “Justamente isso que a gente não deseja passar ao vestiário, de que a classificação está efetuada”, disse o técnico palmeirense. “Sabendo que temos boa vantagem, mas que ainda não acabou”, disse Felipe Melo, seguindo a mesma linha de raciocínio de seu treinador. Como os cruzamentos da semifinais são baseados nas campanhas dos times classificados, o Palmeiras, dono da melhor campanha geral, terá que esperar – caso venha confirmar sua vaga - a conclusão das quartas para conhecer seu adversário.

Para o jogo, Roger sabe que não poderá contar com dois jogadores: o goleiro Jaílson, que terá que cumprir mais dois jogos de suspensão [VIDEO] por conta da expulsão e posteriormente declarações dadas na partida contra o Corinthians, e também o atacante Borja, que está servindo a seleção da Colômbia.

No gol o substituto imediato é Fernando Prass, que já havia jogando contra o São Caetano. Já no ataque, a dúvida fica entre colocar o experiente Willian ou lançar o garoto Papagaio. Outra opção, em caso da entrada do jogador da base, seria colocar Willian no lugar de Keno. Essa questão poderia ter sido resolvida na terça-feira, porém as fortes chuvas que caíram em São Paulo acabaram por cancelar o último treino da equipe antes da partida.

O provável time do Palmeiras que entrará em campo terá Fernando Prass no gol, a defesa formada por Marcos Rocha, Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis. O meio de campo terá Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima. Na frente Dudu, Keno (ou Willian) e Willian (ou Papagaio).