O Corinthians está com o intuito de conquistar o Campeonato Paulista, mas para isso ser realizado, os torcedores da equipe dependem muito da inteligência do técnico Fábio Carille, que sempre se mostrou muito inteligente em táticas.

Carille virou capa de notícia em diversos jornais do país após ter vencido o quase invencível Palmeiras nesta temporada, dando um excelente baile tático no rival Roger Machado, portanto confiança ao Fábio Carille é o que não falta dentro do Timão.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Corinthians

O meio-campista, camisa 10, Jadson, acabou se lesionando e irá desfalcar o Corinthians em alguns jogos, pois ele sentiu dores musculares na coxa direita. No entanto, Carille estava dando oportunidade ao Mateus Vital, mas agora resolveu mudar um pouco.

Escalação para Libertadores

O Corinthians enfrentará o Deportivo Lara, na Venezuela, enfrentando a altitude do país, portanto o técnico Fábio Carille quer contar, para este jogo, com a experiência do ídolo corintiano Emerson Sheik, que vem tendo boas atuações, mesmo aos 39 anos.

Sheik é conhecido como o amuleto da Libertadores, pois ele foi um dos protagonistas na conquista do Corinthians em 2012. Contudo, o jogador deve entrar na vaga deixada por Jadson, que não terá condições de jogo.

O reserva imediato para o camisa 10, no Campeonato Paulista, era o jovem Mateus Vital, mas como o jogo da Libertadores é mais pegado e exige mais experiência, o técnico do Timão resolveu escalar Emerson Sheik como titular.

A escalação do Timão contra os venezuelanos será: Cássio; Fagner, Balbuena, Henrique e Sidcley; Gabriel e Maycon; Romero, Rodriguinho, Emerson Sheik e Clayson.

Respeitando aquela estratégia de não usar um centroavante.

Novo reforço?

O nome mais comentado, nos bastidores do Corinthians, é o do lateral-esquerdo Zeca, que pode vir reforçar o Timão e já teria, até mesmo, feito exames médicos para integrar o elenco do clube.

O jogador trava uma briga judicial com o Santos e pode vir ao Corinthians de forma gratuita, mas é claro que tudo isso dependerá da resolução na Justiça. No momento, quem ganhou a última instância é o Santos, que cobra uma multa de R$ 50 milhões para liberar o atleta [VIDEO].

O presidente José Carlos Perez já afirmou que não abrirá mão do valor para liberar o atleta ao Corinthians, e nem quer negociá-lo, uma vez que ele teve oportunidade de voltar a jogar no Santos, caso pedisse desculpas para a torcida, e optou por não voltar ao elenco [VIDEO].