Mesmo com a janela de transferência se abrindo apenas no meio do ano nas principais ligas da Europa, o Santos vive constantemente sendo assediado por clubes, que estão de olho em suas principais peças. Na última segunda-feira (12), em entrevista à TV Bandeirantes, o presidente José Carlos Peres revelou que ainda existe de uma grande estrela do clube deixar a Vila Belmiro.

“Existe uma possibilidade dele ser negociado. Estava praticamente negociado, mas ainda não foi, é possível que ele vá”, disse o mandatário, se referindo ao zagueiro Lucas Veríssimo, que no início deste ano estava praticamente acertado com o Spartak da Rússia, porém na última hora, em razão de seus empresários descobrirem que havia uma negociação correndo em paralelo sem eles serem consultados, suspenderam as conversas.

Os russos pagariam 7,5 milhões de euros, quase 30 milhões de reais, além de alguns bônus, por um contrato de cinco temporadas. O presidente santista já havia afirmando anteriormente que o jogador estava nos planos do técnico Jair Ventura e que não queria negociá-lo.

Não desistiu de argentino

Uma novela que parecia ter chegado ao final ao que tudo indica ganhará inéditos capítulos. Na mesma entrevista José Peres disse que o Santos ainda mantém conversas com o argentino Lucas Zelarayán seguem em andamento. O jogador não vem sendo aproveitando pelo Tigres do México, que vem fazendo jogo duro nas negociações. “O que eu posso dizer é que as negociações ainda não se encerraram. Estamos em negociação ainda”, disse.

De acordo com o apurado pelo canal de TV por assinatura, Esporte Interativo, o jogador – que também interessava ao River Plate – chegaria ao Santos por empréstimo de um ano.

Após este período, caso quisesse permanecer com o atleta em definitivo, o time brasileiro teria que desembolsar 10 milhões de euros, ou 32,5 milhões de reais.

Mudou, mas não para o Peixe

Nesta quarta-feira (14), a Federação Paulista de Futebol promoveu algumas mudanças na tabela das quartas de final do Campeonato Paulista [VIDEO]. No entanto, os confrontos entre Santos e Botafogo, único que não terá jogos na capital, foram mantidos, Assim, o Peixe jogará contra o Botafogo no próximo domingo (17), às 19h30, no estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, e a volta acontece no domingo seguinte, na Vila Belmiro.

Com 18 pontos em 12 jogos, o Santos terminou a primeira fase como líder do grupo D e teve ainda a terceira melhor campanha geral.