Espanha e Argentina se encontraram para um amistoso, que poderia ter deixado marcas sérias em Leo Messi. E o craque nem jogou. A Argentina foi humilhada em Madri, perdendo por 6 a 1 contra a Espanha. Sem Messi no time [VIDEO], a Argentina foi uma sombra de aquilo que se espera de uma candidata à vitória na Copa. Fora da equipe, mas na bancada, Messi não gostou do que viu, e nem esperou pelo final do encontro. Mas, o pior pode ainda estar por vir e quem o avisa é Gerard Piqué, o colega no Barcelona, que atuou pela Espanha.

Piqué percebeu o problema com Messi

O zagueiro Piqué alerta para uma confusão com o grande amigo argentino que pode estar quase estourando e que ficou preparada, logo após esse jogo.

Os problemas de Leo Messi com sua seleção podem ser bem mais caros. E piqué pede ao Barcelona que tomem cuidado com o Messi. No Barça, eles estão preocupados com a situação da estrela argentina. Leo se concentrou com sua equipe, mas ele não jogou contra a Itália ou contra a Espanha, nos amistosos antes da Copa do Mundo, na Rússia. Algum desconforto nos isquiotibiais deixou o argentino fora dos jogos.

O que não deixa de ser surpreendente. A Argentina aceitou jogar contra duas excelentes seleções, mesmo sem sua maior estrela e o resultado não foi o desejado. Contra a Itália, eles ainda conseguiram ganhar 2 a 0, mas contra a Espanha foi um desastre. Sampaoli terminou a partida muito preocupado e parece ter razões para isso. Afinal, a Argentina, sem Messi, parece longe de preparada.

Queixas de Messi deixam dúvidas na Argentina

Porém, Messi ainda não tinha apresentado queixas físicas antes.

Ele vem jogando sempre com o Barcelona [VIDEO]e tem sido decisivo em todos os encontros, apesar de ter falado, só agora, que vem sentindo desconforto há muito tempo.

Ernesto Valverde também revelou que não está preocupado com a condição física de Messi, quando falta uma semana para jogar as quartas de final da Champions. Antes disso, no sábado, o Barça joga em Sevilha. Mas, com ou sem Messi?

E é isso mesmo que está preocupando Piqué, que assistiu a tudo de perto. O zagueiro catalão vai pedir para Valverde ter cuidado, porque se Messi for titular em Sevilha, Leo vai ter problemas na Argentina, onde muitos falam que ele não jogou de propósito e não por lesão.

Messi 'esconde' Argentina frágil

A verdade é que o Barça joga três pontos no Pizjuán e a Argentina só tinha dois amistosos. É compreensível que Messi não quisesse arriscar e querer fazê-lo agora, mas no país sul-americano eles estão muito machucados com a derrota da albiceleste contra a Espanha e Leo nem entrou em campo. No entanto, Messi sabe que se jogar 90 minutos contra o Sevilla, ele será criticado pelo seu país.

Ele terá a última palavra e dependerá de como ele se sente fisicamente.

A verdade é que só depois do jogo de sábado se vai ficar percebendo melhor o que se passa. Porém, para muitas pessoas, foi bom Messi não ter jogado, expondo as fragilidades da Argentina, que ele vai escondendo com suas exibições. O espanhol Diego Costa falou isso mesmo, no final da partida, que a Argentina sem Messi "é outra coisa", antes de proclamar com firmeza: "A Messi não se critica, há que dar graças a Deus por ele estar".