O Real Madrid quer fazer várias mudanças para a próxima temporada, mas por mais revolução que aconteça, a prioridade é mesmo Neyma [VIDEO]r. Não há volta a dar: o presidente do clube, Florentino Pérez, quer Neymar.

O craque brasileiro de 26 anos pode chegar na próxima temporada ou na seguinte, mas restam poucas dúvidas que vai mesmo vestir a camisa branca dos merengues. Florentino quer isso acontecendo o quanto antes e acima de qualquer outra contratação galáctica que possa fazer.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Neymar é opção A do Real Madrid

São vários os nomes de que se falam para a revolução esperada na equipe espanhola. Eden Hazard, Mohamed Salah e Harry Kane são alguns dos melhores atacantes do mundo e jogadores que se falam para o Real.

No entanto, para o presidente do time, eles seriam sempre o plano B, porque o A é e será sempre Neymar. O ex-Barcelona é o favorito do Real Madrid e Florentino Pérez não recua.

O presidente do clube branco continua com a ideia de conseguir o jogador do Paris Saint-Germain já para a próxima temporada. É a grande a vontade do líder do time espanhol.

De fato, a direção contempla dois cenários para o mercado de transferências: um com o brasileiro e outro sem ele. Mas, se dependesse de Florentino, nem existiria opção a Neymar. No entanto, o mais sensato é mesmo conceber esses dois planos, até porque o PSG vai dificultar a venda do brasileiro, que chegou a Paris nem tem um ano ainda.

Então, os planos de Madrid no mercado seriam muito diferentes com ou sem Neymar. A contratação do ex-Barcelona custaria perto de 400 milhões de euros (1,64 bilhão de reais), o que deixaria pouco dinheiro para mais contratações.

Neymar e mais dois

Em particular, seriam mais dois os reforços para a nova temporada. Se Neymar terminar jogando em Madri neste verão, Florentino Pérez não considera fazer mais do que duas adições, além do brasileiro. Assinaturas como as de Salah ou Lewandowski seriam completamente descartadas por seu valor econômico.

As prioridades seriam então para a defesa. O Real Madrid contrataria um goleiro, mas que já não poderia ser o favorito David De Gea, porque o Manchester United pede 100 milhões de euros (409 milhões de reais) por ele. O favorito seria, então, o brasileiro Alisson, da Roma, cujo preço seria em torno de 50 milhões (204,5 milhões de reais), a metade do preço do espanhol.

Além disso, o Real pretenderia ainda um zagueiro para jogar ao lado de Sergio Ramos. Marquinhos seria o favorito, até para agradar o próprio Neymar. Essas seriam as únicas três contratações de Madri no verão no caso da “Operação Neymar” se concretizar.

Plano B

Porém, existe um plano B [VIDEO]. Seria a opção que a ser executada caso o PSG se recusasse a negociar Neymar. A despesa seria assim mais equilibrada e seria distribuída na assinatura de jogadores como Salah, Lewandowski, De Gea, Marcos Alonso ou Bonucci, dispondo os reforços um pouco por todo o modelo.