O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, fica sério com Cristiano Ronaldo por causa de Neymar. O mandatário não exclui juntar as duas estrelas [VIDEO]no mesmo gramado e quanto mais rápido conseguir isso, será melhor para o time, acredita. O brasileiro é o grande objetivo de Florentino Perez já para a próxima temporada.

A eliminação do PSG da Liga dos Campeões, precisamente contra o Real, acelerou essa operação. É que o antigo jogador do Barcelona estaria louco para deixar o time parisiense, uma situação que Florentino vai tentar aproveitar a seu favor.

Real Madrid sonha com Neymar

No entanto, o sonho do presidente do Real de levar Neymar para Madrid pode ter um problema que ainda nem pensou: conciliar no mesmo time Neymar e Cristiano Ronaldo [VIDEO].

Florentino Pérez ainda não estaria pensando bem nessa possibilidade e não sabe como poderia resolver essa situação.

A ideia dele seria que o brasileiro fosse o substituto do português e, por isso, o melhor seria Neymar chegar em 2019. Porém, o presidente do Real Madrid teria agora uma nova chance e não iria querer deixar escapar a oportunidade de contratar o brasileiro de 26 anos.

Real tenta convencer Cristiano Ronaldo

Agora a grande questão é convencer Cristiano Ronaldo, que não pretende aceitar a presença de Neymar no Real. No colosso espanhol, estão furiosos e pensando em uma possibilidade de convencer o craque português. Isso pode implicar um aumento considerável no salário do jogador português.

Florentino sabe muito bem que o Real Madrid não vai poder se dar ao luxo de conseguir um jogador e ganhar mais do que o português, o que aumentaria sua raiva.

Os dois devem receber uma quantidade muito similar, sendo que, nesse momento, Neymar está ganhando muito mais no Ronaldo. Naturalmente, o craque não vai voltar a Espanha, saindo do PSG, para ganhar menos, certamente.

Além disso, no Real Madrid, Cristiano Ronaldo teria que jogar como centroavante, com Neymar caindo para a esquerda, posição onde Cristiano Ronaldo também se destaca, mas que cada vez mais está evitando. Aos 33 anos, o português vai sentindo cada vez mais uma maior necessidade de proteger o físico, gerindo melhor suas energias. Ele prefere atuar em uma zona mais central do terreno e mais próxima do gol.

Como conciliar Neymar e Cristiano Ronaldo

Por isso, o Real Madrid estaria mais que convencido em deixar a posição de centroavante para Ronaldo, como condição para Neymar entrar no Real, mais atuando pela esquerda. Dessa forma, Cristiano poderia melhorar seus números como goleador, já que com um jogador como o Neymar tão próximo, ele teria mais facilidade para chegar ao gol.

Parece uma boa vantagem para o Bola de Ouro, mas ainda não se sabe como Ronaldo vai reagir diante da presença de uma superestrela como Neymar em seu time, dividindo o protagonismo. No Santiago Bernabéu, eles insistem que, se Messi pode se dar bem com Neymar, Cristiano também pode fazê-lo.