O presidente do Real Madrid, Florentino Pérez, tem uma operação simplesmente brutal em andamento. Ele promete revolucionar o mercado, com a ideia de voltar a elevar o nível do clube.

Depois de uma temporada em que o Real pareceu sempre abaixo do Barcelona e Atlético de Madrid, na Espanha, o presidente dos merengues está fazendo planos para quebrar essa hegemonia e retornar às vitórias. Para isso, Florentino conta com a ajuda de um importante patrocinador. Porém, Cristiano Ronaldo [VIDEO] não se anima nem um pouco com essa possibilidade.

Objetivo é Harry Kane

A ideia do Real Madrid é destruir a superioridade do Barça no Campeonato Espanhol, e de Leo Messi.

Para isso, o reforço mais desejado é um Harry Kane, que está impressionando.

O atacante inglês do Tottenham é um dos goleadores da temporada e um dos principais candidatos a conquistar a Bola de Ouro. Ele tem somente 24 anos e, também por isso, é desejado por todos os colossos europeus.

Patrocinador pode ajudar

Kane é garantia de muitos gols, e o Real considera isso uma das maiores necessidades da equipe. No entanto, o craque deve custar perto dos 200 milhões de euros (800 milhões de reais). Como ele não tem cláusula de rescisão com o Tottenham, o time inglês vai negociar e não vai vender barato um dos ativos mais desejados do mercado.

Florentino quer Kane no Real e conta com a ajuda da Adidas, a marca esportiva que patrocina o rime e que teria um contrato menor do que a Nike, a grande rival, tem com o Barcelona.

De acordo com o site espanhol Don Balón, o Real quer renegociar o contrato com a Adidas, garantindo um aumento para contratar Harry Kane, o jogador que, na opinião de Florentino Pérez poderia ajudar o Real a destruir o Barça e Leo Messi, que é a maior figura patrocinada pela Adidas.

Ou seja, o Real está pedindo ajuda para a Adidas prejudicar o seu maior ativo, mas tudo isso, são negócios, e o argentino sabe bem [VIDEO] como tudo isso funciona. O presidente pretende forçar a Adidas a melhorar substancialmente as condições econômicas que tem neste momento seu acordo com o Real.

A empresa alemã já perdeu uma das suas equipes de franquia, o Milan, e ficar sem a equipe branca seria um golpe que eles não podem se permitir.

Cristiano Ronaldo não concorda

Quem também não vai gostar nenhum pouco de tudo isso é Cristiano Ronaldo. O jogador português não queria Kane no Real. Primeiro porque ele vê o jovem atacante como uma ameaça a seu estatuto de estrela maior da equipe, mas também porque ele não o vê se encaixando na estratégia do Real Madrid.

Cristiano Ronaldo acredita que o clube precisa mexer na equipe e também no ataque, mas não com um jogador tão fixo no ataque como Kane. CR7 acredita que ele mesmo pode fazer essa posição. Com o passar dos anos, Ronaldo está se fixando mais na área e sente que o time precisa de outros atacantes mais móveis e que possam cair pelas laterais, como Bale e Benzema fazem no Real.

Kane não é esse tipo de jogador e, por isso, Ronaldo sabe que o Real precisa mais de um jogador como Mohamed Salah ou o próprio James Rodríguez, que a equipe cedeu para o Bayern de Munique.