O Corinthians tem uma missão difícil, pois agora enfrenta o Bragantino, pela segunda partida das quartas de final do Campeonato Paulista, e precisa vencer por, pelo menos, um gol de diferença, assim ganhando a oportunidade de levar a partida para as penalidades máximas.

A primeira partida foi vencida pelo Bragantino por 3 a 2, no estádio do Pacaembu. Agora, dentro de casa, na Arena de Itaquera, o Timão vai tentar reverter a situação e destruir o seu adversário, para assim avançar para as semifinais da competição e pegar o São Paulo. O jogo acontece nesta quinta-feira (22), às 20h.

No entanto, o Timão tem que melhorar algumas coisas em seu elenco, pois após essa derrota para o Bragantino, o alvinegro de Itaquera ligou o sinal de alerta para melhorar o seu elenco, até porque a Copa Libertadores da América está aí, e o Timão tem que estar muito bem para avançar na competição mais cobiçada da América do Sul, que conta com times muito valiosos.

Revelação

O meia Rodriguinho é um dos maiores craques do Corinthians, se não for o maior, até porque o jogador sempre demonstra atuações de alto nível, como foi o golaço no clássico contra o Palmeiras nesta temporada. Com isso, todos voltaram os olhos ao futebol do jogador.

Porém, os corintianos já sabem que Rodriguinho é um craque há muito tempo, tanto que eles vem pedindo o jogador na Seleção Brasileira, desde que ele teve uma ótima atuação no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2017, competição que o Timão foi campeão, de forma convicta.

Agora, o jogador revela que está vivendo uma grande Dificuldade dentro do Corinthians, pois não está conseguindo se adaptar ao esquema tático sem um centroavante, proposto pelo técnico Fábio Carille.

O atleta conta que está sendo muito difícil jogar sem alguém para receber a bola lá na frente, função que o Jô fazia na temporada de 2017.

Contratação de um centroavante?

É evidente que essa reclamação de Rodriguinho é muito direcionada à diretoria do clube, que ainda não contratou um centroavante para o elenco alvinegro [VIDEO].

O presidente Andrés Sanchez já afirmou que está, sim, atrás de um atleta para a posição, mas os que estão disponíveis no mercado pedem salários astronômicos, que somente clubes europeus podem pagar. Este não é o caso do Corinthians, que não está bem financeiramente e prefere apostar no 'bom e barato'. Andrés afirmou que não fará nenhuma loucura para ter um centroavante de peso [VIDEO].