Ronaldinho Gaúcho deu uma entrevista muito interessante respondendo a questões dos fãs. As respostas foram reveladas no jornal Mundo Deportivo e saíram algumas declarações muito interessantes de um dos melhores jogadores de todos os tempos. O astro brasileiro é uma das maiores lendas do Futebol e, sem dúvida, um dos jogadores com mais fãs por todo o mundo. Em algumas revelações inéditas, Ronaldinho falou de seu relacionamento com Messi [VIDEO] e deixou algumas curiosidades sensacionais.

Não perca as atualizações mais recentes Siga o Canal Futebol

Na entrevista, Ronaldo, o Fenômeno, serviu como editor convidado da prestigiada revista FourFourTwo, e juntou-se ao lado dos jornalistas, enquanto Ronaldo, o Gaúcho, deixou frases e grandes confissões impressionantes.

Saída do Barcelona

Sobre a saída de Barcelona, em 2008, Ronaldinho não fugiu à questão, mas também não falou sobre Guardiola: "Foi fácil sair de Barcelona, porque tinha chegado a hora de partir. Eu queria seguir os passos de Rijkaard, então me decidi pelo Milan, porque ele falou muito bem sobre esse time. Eu tinha outras propostas, mas queria jogar com o Milan". antes disso, ele garante que escolher o Barça foi sua melhor decisão. "Eu escolhi bem. Eu ainda sinto falta do Barcelona. Eu tive cinco temporadas maravilhosas em um clube que apostou nos atacantes e jogadores talentosos", contou o gênio brasileiro.

Messi: o melhor

No entanto, de seus tempos em Barcelona, ele guarda Messi, [VIDEO] como é natural. Ele respondeu aos rumores que o associavam a uma "má influência" sobre o argentino.

E, nesse caso, Ronaldinho nega completamente: "Quanto às histórias que eu era uma má influência para Messi quando ele era jovem, elas são uma mentira. Você nem sempre tem que acreditar em tudo que sai na imprensa. Sempre tentei ser uma boa influência para ele, fazer o que o Ronaldo fez por mim no seu dia. Messi era muito tímido, mas sempre foi um pouco incomum. Nós morávamos na mesma rua, então eu tinha um ótimo relacionamento com ele e sua família".

Ronaldinho fala muito de sua amizade com o astro argentino e, mesmo sendo considerado um dos melhores de sempre, o brasileiro revela toda sua adoração por Messi: "Eu sempre soube que Messi era um jogador melhor que eu".

Curiosidades de Ronaldinho

Ovacionado nos gramados dos rivais, Ronaldinho Gaúcho se sentiu "orgulhoso" quando foi aplaudido no Santiago Bernabéu, em Madri, uma situação rara para qualquer jogador. Mas, Ronaldinho não foi um qualquer jogador.

Melhor jogador que enfrentou: "Não pode ser outro que (Paolo) Maldini. É impossível não se maravilhar com a maneira hábil com que ele fazia tudo parecer fácil, especialmente quando você o enfrentou".

Melhor treinador: "Rijkaard sem dúvida. Ele é um dos melhores do mundo e merece liderar uma equipe líder. Acho que ele logo vai treinar uma seleção nacional e lutar pelo título de campeão mundial. Ele sempre tirava o melhor de mim, porque sabia o que precisava. Sua experiência conta para todos e cada um dos jogadores em seu comando".

Melhor gol da carreira: "Contra o Chelsea na Champions, em 2004-05, foi bom, mas há muitos outros. Há gols que são relevantes não por causa de sua importância, mas por causa do momento em que você vive. Se eu não tivesse marcado alguns gols quando era jovem, eu não teria feito carreira ou talvez não tivesse jogado com o Brasil. Eu fiz história na França por causa do gol que fiz contra o Marselha. E na Espanha, fiz o meu primeiro gol na minha estreia pelo Barcelona, ​​naquela partida que começou à meia-noite".