Além de contratar jogadores, como foi o caso do lateral-esquerdo Dodô para o time principal, e do zagueiro Gabriel Oliveira, que inicialmente integrará o time B, a diretoria do Santos também tem trabalhando para manter suas principais peças do elenco, principalmente aquelas que são constantemente cobiçadas por times do Brasil e do exterior. Seguindo com essa política, o clube anunciou nesta sexta-feira (9) a extensão do acordo de um importante jogador de seu plantel.

Depois de ter seu nome especulado no São Paulo, o contrato do lateral-direito Victor Ferraz foi prorrogado por mais uma temporada. O atual acordo era válido até dezembro de 2019 e agora só terminará no final de 2020. Além de aumentar o tempo de permanência na Vila Belmiro, o jogador também teve um aumento salarial.

O lateral de 30 anos é um dos jogadores do atual elenco santista que mais vestiram a camisa do clube.

Ele soma 175 aparições e já balançou as redes em seis oportunidades. O jogador está afastado dos gramados desde o final de janeiro, quando, durante um duelo disputado contra o Ituano, no Estádio do Pacaembu, pela quarta rodada do Campeonato Paulista, ele sofreu uma lesão no ombro direito. Como Jair Ventura já havia feito as três alterações, ele seguiu em campo com o braço imobilizado.

O jogador retornou aos treinos nesta semana e deve ser relacionado para o duelo deste domingo (11) contra o São Bento, de Sorocaba, que fecha a primeira fase do Campeonato Paulista. Ele agora terá que disputar a posição com Daniel Guedes, que vem dando conta do recado.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol Santos

Fatos que levaram a diretoria renovar

O portal de notícias Globo Esporte fez um levantamento dos principais motivos que fizeram a diretoria do Santos renovar o contrato com Victor Ferraz. A reportagem destacou que ele é um dos principais líderes do elenco santista e em algumas oportunidades chegou a usar a braçadeira de capitão do time.

O fato de ele ser um jogador bom de grupo também foi apontado como fator a ter sido elevado em conta para sua permanência.

O jogador também conta com a total confiança do técnico Jair Ventura.

Antes de se machucar, ele havia jogado todas as partidas como titular e não foi substituído em nenhum delas. Por fim, as opções dentro do elenco e as dificuldades financeiras para encontrar um novo nome no mercado também foram citados pela reportagem.

Além de Ferraz, do Santos conta apenas com Daniel Guedes como lateral-direito de ofício e ultimamente Jair tem improvisado o zagueiro Robson Bambu na posição durante os treinamentos.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo