Antes estremecidas, as relações entre o Santos [VIDEO] e Neymar pode caminhar para uma reaproximação. Pelo menos é o que busca a nova diretoria encabeçada pelo presidente José Carlos Peres. Para o clássico do próximo domingo (4), contra o Corinthians, no Estádio do Pacaembu, em São Paulo, pela décima rodada do Campeonato Paulista, o clube pretende passar uma mensagem de apoio ao atual jogador do Paris Saint-Germain, que poderá ficar até dois meses afastado por causa da fratura no quinto metatarso do pé direito.

A ideia é que na camisa de jogo será colocada a hashtag “TamojuntoNeymar”. Porém, por razões de ordem burocrática, a iniciativa não pode ainda ser confirmada pelos santistas.

O jogador será operado neste sábado (3).

Não muito tempo atrás, o jogador deu pesadas declarações sobre o clube que o revelou. Ele chegou a dizer que não tinha motivos para dar parabéns, na ocasião do aniversário do clube, e em outra oportunidade chegou a dizer que seu sonho era jogar no Flamengo. Ele também já revelou em entrevistas que é palmeirense.

Mas no que depender de Peres, tudo isso faz parte do passado. Santos e Corinthians se enfrentam no próximo domingo (4), às 17 horas, no Estádio do Pacaembu. O mando de campo é do Peixe e há uma determinação do Ministério Público de São Paulo para que os clássicos no estado sejam disputados com torcida única. Dessa forma, apenas santistas poderão acompanhar a partida nas arquibancadas.

Com 17 pontos ganhos, o Santos poderá até mesmo sair de campo com a vaga na segunda fase matematicamente garantida.

Para isso, terá que vencer e contar com um pequeno tropeço do Red Bull Brasil. Para o duelo, a principal baixa para o time do técnico Jair Ventura [VIDEO] é o artilheiro Gabriel, que terá que cumprir suspensão por conta do terceiro cartão amarelo recebido na partida diante do Santo André.

Trollado na França

Se no Brasil o clima é de apoio ao camisa 10 da Seleção, na Europa a situação do jogador não desperta muita compaixão. Nessa quinta-feira (1º), o jornal L´Équipe publicou uma charge a qual mostra o jogador em uma cama de hospital e a pergunta: "Como será a Champions League para o PSG este ano?”

Em resposta, Neymar, que no desenho aparece com cara de poucos amigos, exibe o dedo médio do pé direito, o que está machucado. A expectativa é que a recuperação do jogador seja em entre dois e três meses e com isso ele poderá estar de volta um mês antes do início da Copa do Mundo da Rússia.

O PSG faz na próxima terça-feira (6) o jogo de volta das oitavas de final da Champions League e o time francês precisa vencer o Real Madrid por 2 a 0 ou três gols de diferença, caso sofra um gol.