Além de complicar a vida do Santos na luta para ter a melhor campanha da primeira fase do Campeonato Paulista, a derrota da noite desta quarta-feira (7), por 2 a 1, para o Grêmio Novorizontino, também trouxe outros problemas para o técnico Jair Ventura, que terá desfalque para o duelo do próximo domingo (11), contra o São Bento, na Vila Belmiro. Porém, para a sequência da competição, isso se torna um fato positivo.

Explica-se: no jogo contra o Novorizontino [VIDEO], o volante Alison recebeu o terceiro cartão amarelo e por isso terá que cumprir suspensão na partida contra o Azulão Sorocabano pela última rodada da fase de grupos.

Assim, o jogador vai para a fase de quartas de final, que é onde o caldo começa a engrossar, zerado de cartões e não correndo o risco de ser suspenso em uma eventual semifinal, onde o clube terá que encarar mais um clássico na temporada.

A ausência do jogador também será a oportunidade para Jair Ventura testar novas opções para o setor, como dar uma oportunidade para Guilherme Nunes, recém-promovido da categoria sub 20, ou ainda promover o retorno do experiente Renato, que havia perdido a posição para Léo Cittadini.

Classificado para as quartas de final após o empate contra o Corinthians, o Santos soma 18 pontos no grupo D, o Santos ainda pode ser ultrapassado pelo Botafogo de Ribeirão Preto, que soma três pontos a menos. No entanto, é possível que o treinador possa poupar alguns atletas, já visando o jogo de quinta-feira (15), contra o Nacional do Uruguai, pela segunda rodada da fase de grupos da Copa Libertadores da América, onde o time precisa de um bom resultado para não se complicar no grupo.

Foi para o Japão

Em um comunicado divulgado na tarde desta quinta-feira (8), por meio de sua conta oficial no Twitter, o Santos confirmou o empréstimo do volante Matheus Jesus ao Gamba Osaka, [VIDEO] do Japão, clube que é treinado pelo ex-técnico santista Levir Culpi. O empréstimo é válido até o final do ano, período que coincide com o término do contrato do jogador com o Peixe, que não será renovado. O jogador disputou 14 jogos com a camisa do Santos e não marcou nenhum gol.

Em busca de um novo diretor

A diretoria do Santos ainda corre para buscar um novo nome para ocupar o cargo de diretor-executivo, cargo que ficou vago após a demissão de Gustavo Vieira de Oliveira. O ex-jogador William Manchado foi sondado para assumir a função, no entanto ele já comunicou que não pretende deixar a coordenação de Futebol, pelo menos por enquanto.