O Paris Saint-Germain vai encarar o Real Madrid nesta terça-feira, dia 6 de março, a partir das 16h45 (horário de Brasília), no Parc de Princes, em Paris, para se manter vivo na luta pelo título da Liga dos Campeões. Sem o craque brasileiro Neymar, lesionado na rodada do Campeonato Francês, no último dia 25 de fevereiro, o time parisiense vai precisar marcar dois gols de diferença para se classificar.

Já o Real, que é o maior vencedor da maior competição europeia, vai apostar na sua tradição para ultrapassar os franceses. Atualmente na terceira colocação com 54 pontos no Campeonato Espanhol, o time do técnico Zinedine Zidane venceu o Getafe na última fase de jogos do torneio nacional, válido pela 27ª rodada.

O time, contudo, está atrás do Atlético de Madrid, segundo colocado com 61 pontos, e também, do Barcelona, que possui 69 pontos alcançados até o momento. Dada a sua má temporada no Espanhol, o time do técnico francês quer fazer uma boa campanha na Liga dos Campeões e chegar, mais uma vez, ao título da competição.

O PSG, por sua vez, é líder do Campeonato Francês com 74 tentos alcançados. O time tem 14 pontos de diferença para o Mônaco, que está na segunda colocação. Os parisienses comandados por Unai Emery, técnico espanhol, venceram o Troyes por 2 a 0, fora de casa. O time, que ainda não conquistou a Liga dos Campeões, fez importantes e vultosos investimentos na janela de transferência do início de temporada.

Além de contratar Neymar e fazer desta aquisição a maior do futebol dos últimos tempos, a equipe também trouxe Kylian Mbappé Lottin, de apenas 19 anos de idade, que já demonstra ter capacidade para ser um grande craque.

Estes jogadores juntaram-se a incrível capacidade de finalização de Edinson Cavani, principal artilheiro da história do clube, e também a Dí Maria, atacante argentino que deverá ser o nome a substituir Neymar na partida de logo mais. [VIDEO]

Jogo de ida

Na partida de ida, o PSG até chegou a abrir o placar com Adrien Rabiot, aos 33 minutos da primeira etapa, quando a partida estava equilibrada. Mas, o melhor do mundo, Cristiano Ronaldo, viria empatar a partida aos 45 minutos e viraria aos 38 da segunda etapa. Marcelo iria virar o jogo aos 41 em um belo gol.

Neymar não marcou na partida e não fez um jogo espetacular, apesar da sua boa movimentação entre os zagueiros merengues e sua boa capacidade de articulação atuando pelo lado do campo. O jogador deverá acompanhar a partida do Rio de Janeiro.