O Palmeiras está se preparando para enfrentar o Novorizontino, nesta quarta-feira (21), no Allianz Parque, às 21h45. O jogo é válido pelas quartas de final e vai definir quem passa para as semifinais. Na primeira partida, em Novo Horizonte, o Verdão goleou por 3 a 0 e tem situação bem tranquila, podendo perder por até dois gols de diferença sem precisar se preocupar.

O técnico Roger Machado preparava o treino desta terça-feira (20) quando um temporal caiu na cidade de São Paulo. As chuvas fortes e os raios fizeram o treinador cancelar a movimentação. O gramado dos campos da Academia de Futebol ficaram encharcados. Partes do local não tinham acesso por conta da quantidade de água.

Caso Scarpa e a polêmica com a CBF

De forma documental, o meia Gustavo Scarpa não é mais jogador do Palmeiras. Ele foi excluído do BID (Boletim de Informativo Diário) da CBF e reinserido no quadro do Fluminense. O jogador deixou o clube carioca após brigar por salários atrasados e dívidas gerais. Sem acordo, saiu do Rio de Janeiro e veio para São Paulo baseado em liminar, que foi cassada.

A CBF agiu de maneira bastante polêmica e curiosa. Acelerou o processo e pediu que o TRT enviasse um resumo da decisão, antes mesmo do acórdão. A rapidez com que a CBF tomou atitude causou estranheza nos advogados e na diretoria do Palmeiras. Pessoas mais próximas a Confederação disseram que tal prática não é nada comum. Já os representantes do Fluminense, como era de se esperar, não viram nenhum problema.

O caso levantou polêmicas nas redes sociais. Palmeirenses criticaram a postura da CBF e a acusaram de priorizar o lado do time carioca, já que a confederação também fica no Rio de Janeiro. Além disso, alguns membros que trabalham por lá torcem para o Tricolor das Laranjeiras, apontado por alguns alviverdes.

O Palmeiras vai tentar anular a audiência que levou à queda da liminar. As estratégias [VIDEO] jurídicas ainda não foram adotadas, e o Verdão está bem tranquilo sobre o tema. De acordo com André Sica, advogado titular do clube paulista, o 'torcedor pode ficar tranquilo'. A queda da liminar já era prevista, diz Sica. Ou seja, o Verdão já tinha ciência [VIDEO] de que essa derrota poderia ocorrer e já estava se preparando com argumentos. Logo, rebater a decisão ficará mais fácil.

Sem Jaílson!

O goleiro Jaílson vai cumprir o segundo jogo da suspensão imposta pelo Tribunal de Justiça Desportiva. O órgão puniu o goleiro alviverde com três partidas, após polêmicas envolvendo o clássico contra o Corinthians, em Itaquera.