O Vasco busca neste domingo (4), em Cariacica, no Espírito Santo, sua segunda vitória na Taça Rio para se manter junto ao Flamengo na liderança do grupo B. O confronto agora é contra o Boavista, em jogo que acontece às 19h30, no estádio Kleber Andrade. O duelo não promete ser fácil, uma vez que o adversário é um dos líderes do embolado grupo C, com seis pontos em dois jogos.

Como ainda restam dez dias para a estreia na fase de grupos da Copa Libertadores da América, o técnico Zé Ricardo irá a campo com o que tem de melhor, assim como fez na partida contra o Macaé, no meio de semana.

Dessa forma, o Cruz-Maltino deverá começar jogando com Martín Silva no gol, a defesa formada por Yago Pikachu, Paulão, Erazo e Henrique. O meio de campo terá Desábato, Wellington e Evander. Na frente Wagner, Paulinho e André Ríos.

Pelos lados do Boavista, o clima é de otimismo para que a equipe possa repetir a boa campanha feita na Taça Guanabara e chegar ao menos nas semifinais. Porém, o técnico Eduardo Allax terá ao menos quatro importantes desfalques: o zagueiro Kadu Fernandes, o volante Douglas Pedroso e os meias Fellype Gabriel e Erick Flores.

Com esses desfalques, o time deverá ir à campo com Rafael no gol, Thiaguinho, Gustavão (ou Geladeira), Elivelton e Júlio César formando a defesa, o meio de campo terá William Maranhão, Faíska, Marquinho, Lucas e Maradona. Leandrão será o homem de frente.

A partida terá arbitragem de Leonardo Garcia Cavaleiro. Seus auxiliares serão Carlos Henrique Alves de Lima Filho e Thiago Gomes Magalhães.

Demitiu técnico do sub 20

Se na equipe principal Zé Ricardo teve seu dia do fico na semana passada, o mesmo não se pode dizer do treinador da categoria sub 20, Marcus Alexandre.

Não perca as últimas notícias!
Clique no tema que mais te interessa. Vamos te manter atualizado com todas as últimas novidades que você não deve perder.
Futebol PaixãoPorFutebol

Campeão carioca em 2017, o técnico foi demitido após 20 anos de serviços prestados ao clube, que justificou a decisão alegando mudança na metodologia de trabalho.

"Explicaram que vão mudar a metodologia de trabalho e não acreditavam que eu me adaptaria a ela”, declarou o agora ex-técnico, que chegou a trabalhar com jogadores como Philippe Coutinho, Alex Teixeira e Alan Kardec. Junto com ele também foi dispensado o auxiliar Amilton Oliveira, que também havia trabalhado com o time sub 17.

O Vasco agora estuda nomes para um substituto. Um dos mais cotados é o de Gilmar Popoca, que estava no Flamengo, e também o de Luiz Felipe, que levou o Fluminense ao título de campeão brasileiro da categoria, em 2015.

Não perca a nossa página no Facebook!
Leia tudo