O Palmeiras enfrenta o Novorizontino no Allianz Parque logo mais, às 21h45, pela segunda partida das quartas de final da competição. O Verdão goleou em Novo Horizonte por 3 a 0 e não deve encontrar muitos problemas para chegar às semifinais da competição.

O técnico Roger Machado tem alguns problemas. Não poderá contar com o goleiro Jaílson que, punido, não poderá entrar em campo. Já cumpriu uma partida e deverá cumprir mais duas, totalizando três. O jogador foi punido pelas entrevistas após o clássico contra o Corinthians, em Itaquera.

O meia Gustavo Scarpa é outro desfalque certo. O Fluminense conseguiu derrubar a liminar que o liberava para defender o Alviverde.

Por conta disso, seu contrato com o Verdão foi suspenso e ele não pode sequer treinar na Academia de Futebol para não apontar vínculo empregatício. Os advogados palmeirenses estão esperançosos pela reviravolta do caso e tentam suspender a audiência. Ainda não tem prazo para conclusão.

Mudança de fornecedora

O Palmeiras deve confirmar na próxima semana a chegada da Puma como nova fornecedora de material esportivo. A empresa, que também é alemã, ganhou a concorrência com a Topper e deverá fornecer os materiais por pelo menos dois anos. A empresa ofereceu um grande pacote de atrativos e chamou a atenção do clube, que já vinha tendo problemas com a Adidas.

Nova camisa!?

Com mais nove meses de contrato, a Adidas ainda precisa entregar algumas coisas. Uma delas é a próxima camisa oficial. A empresa parece ter atendido aos pedidos dos torcedores e optou por modelo mais simples, com verde bandeira e o símbolo do Palmeiras.

A coleção [VIDEO] atual tem apenas o P como escudo, e não o símbolo oficial do clube. Muitos palmeirenses não gostaram da mudança e até atribuem os erros de 2017 como culpa do uniforme, que causou certa 'uruca [VIDEO]' na equipe. Coisas de torcedor.

Veja aqui a nova camisa do Palmeiras

Preço dos ingressos

A diretoria do Palmeiras anunciou o preço dos ingressos para o duelo contra o Alianza Lima, do Peru, pela Copa Libertadores da América, dia 3 de abril. E o valor assustou. Para o Gol Norte, setor mais barato, o valor será de R$ 180,00. Para a Central Leste e Oeste, setores mais nobres da arena, o valor será de R$ 400,00.

O clube não se manifestou e apenas confirmou que dia 23 começam as vendas. Já a torcida criticou fortemente o presidente Maurício Galiotte pela atitude. Quem é sócio torcedor poderá garantir sua entrada, mas quem não é terá que arcar com esses valores maiores caso queira assistir o duelo.