Chegado em janeiro no Barcelona, Yerry Mina viveu seu primeiro momento de celebração, essa semana. O zagueiro colombiano [VIDEO]sabia que partia detrás dos outros zagueiros, que já estavam com o time, há mais de uma temporada, e bem entrosados, quando ele chegou. Porém, o ex-Palmeiras não virou a cara ao trabalho e vai procurando suas chances. Até o momento, ele estava passando um tanto incógnito no time. No entanto, na supercopa da Catalunha, o craque foi o destaque de uma partida frente ao Espanyol de Barcelona.

A competição tem a ver somente com a região da Catalunha, mas nenhuma das equipes fez alinhar sua melhor versão de onze.

Mina jogou, e não comprometeu durante os 90 minutos. Com o jogo empatado, ficou tudo decidido nos pênaltis e aí Yerry Mina já mostrou um pouco mais de sua graça. O craque converteu em gol um dos pênaltis e fez a sua dança, bem conhecida no Brasil.

O Barcelona conseguiu a vitória no desempate dos pênaltis, com um gol do colombiano [VIDEO], que acabou fazendo sua dança na celebração, e que foi mais comentada que a própria vitória do Barcelona. O gesto saiu natural ao colombiano, mas no Barça não acharam graça. Nem mesmo em um vestiário onde vários pesos pesados ​​dizem a Mina que ele não está mais no Brasil, nem no Palmeiras.

Yerry, que mantém um bom relacionamento com Paulinho, vai sabendo das mensagens dos líderes da equipe, que são enviados através do brasileiro e ele já está sabendo que o baile não agradou no Barça e deve ser evitado.

No Espanhol, grande rival do Barça, também ninguém gostou da suposta dancinha, quando a partida ainda nem estava resolvida. No entanto, para os torcedores, Mina fez apenas um gesto que lhe é natural, e que eles esperam ver mais vezes, até ao final da temporada.

O colombiano não tem ainda seu lugar garantido para a próxima temporada, e está se falando na possibilidade de Ernesto Valverde o querer ceder. Tottenham ou Girona seriam possibilidades para um empréstimo de um ano do zagueiro.

Supostamente, o problema de Yerry Mina é que ele está longe do nível atual de Thomas Vermaelen, que se consolidou como a terceira opção do Barcelona para a posição de zagueiro. Depois de um ano lesionado, o belga regressou em grande nível e Valverde quer contar com ele para a próxima temporada. Algo que deixaria Mina muito tocado, e na porta de saída.

Uma temporada de empréstimos serviria para Mina se adaptar ao Futebol europeu e retornar pela porta grande em 2019. O Barcelona estaria preferindo colocá-los no vizinho Girona, para ele se adaptar perfeitamente na liga espanhola. Certo é que o Barça não pensa em desistir do colombiano. Eles querem ver muito mais dele, no futuro, e esperam grandes coisas do zagueiro.