O colombiano Yerry Mina poderia ter os dias contados no Barcelona. Já faz quase dois meses que Yerry Mina chegou na equipe como a nova assinatura para o time do Barça. Desde então, o colombiano jogou dez minutos contra o Valência e 90 contra o Getafe. Nada mais. Mina chegou ao time catalão [VIDEO] como um substituto para um Mascherano, que partiu para a China, em busca de mais minutos. Porém, o colombiano não está tendo mais sorte que o argentino.

O treinador Ernesto Valverde apontou que o zagueiro precisava de um tempo de adaptação, até porque ele chega do Palmeiras, e o Futebol no Brasil, é diferente dos campeonatos europeus.

Aliás, tudo é diferente, e são raros os casos dos jogadores que se adaptam facilmente, não só ao futebol, como com todo o ambiente. Apesar de Valverde ter deixado bem revelada sua opinião sobre o colombiano, a verdade é que hoje ele é o quarto zagueiro e ele terá dificuldades em aproveitar mais oportunidades, durante essa temporada.

Samuel Umtiti e Gerard Piqué são a dupla favorita de Valverde, o que é fácil de entender. Afinal, Piqué é titular na seleção da Espanha e é um dos mais veteranos deste Barça, com muitas provas dadas, uma enorme paixão pelo time, e já muitos títulos conquistados. A seu lado se impôs um zagueiro mais jovem, mas já um indiscutível na seleção da França. Umtiti será até o favorito da torcida, e é muito veloz e assertivo em todas as suas decisões. Como suplente, vem emergindo Thomas Vermaelen, que foi muito massacrado por lesões, mas que parece agora mais preparado e tem respondido bem, sempre que foi chamado.

Resta Yerry, que parece partir da última posição.

Tanto que o clube está considerando seriamente uma transferência. A confiança no potencial de Mina [VIDEO] é total, mas ele sabe que ele precisa de minutos e que deve se adaptar ao estilo de jogo da Espanha. Piqué e Umtiti são intocáveis, e Vermaelen parece ter recuperado sua melhor forma. Até agora, tudo parece complicado para Mina entrar nas opções de Valverde, mas faltam ainda alguns meses até o final da temporada.

Para a diretiva do Barça, um ano em outra equipe o ajudaria a retornar ao Barça em 2019 com mais experiência. E o time escolhido para ele fazer essa adaptação parece estar escolhido e deverá ser o Girona, também da cidade de Barcelona. As boas relações entre os dois times catalães podem ser fundamentais. O Girona está completando uma excelente temporada e tem praticamente garantida sua continuidade no principal escalão na próxima temporada. Além disso, no clube do norte da Catalunha, Mina compartilharia vestiário com um outro colombiano: Mojica.