O Palmeiras, como o clube mais bem financeiramente da América do Sul, vem sempre analisando diversos atletas que estão atualmente no Futebol asiático ou europeu, para ver os seus desejos, pois, mesmo aqueles que estejam vivendo bons momentos, podem quererem voltar ao Brasil. Alguns que estão na China ou na Europa muitas vezes veem o retorno ao Brasil como uma grande oportunidade de chamarem mais atenção e serem convocados para a Seleção Brasileira.

Outros estão no continente asiático e têm o desejo de jogarem, um dia, no continente europeu. Portanto, o futebol brasileiro é uma vitrine melhor.

Os clubes europeus não confiam muito em contratar jogadores que se destacam no continente asiático.

Tanto que o Paulinho só foi contratado pelo Barcelona por conta de uma atuação na Seleção Brasileira contra Argentina, em que o Messi analisou que ele poderia render muito jogando ao seu lado na Catalunha, apesar de na época atuar na China.

Reforço no Verdão?

O Palmeiras sempre analisa muitos atletas que têm chances de ficarem livres no mercado durante as janelas de transferências. Muitos que estão no continente europeu têm o grande desejo de voltarem a atuar no Brasil por ser um cenário mais competitivo.

Há muito tempo, quando Borja não vinha rendendo o que era esperado. O Palmeiras estava em busca de um centroavante, e o maior alvo da equipe era o meia-atacante Ricardo Goulart, que é astro do Guangzhou Evergrande, da China.

O clube não deseja negociá-lo, tanto que o atleta já pediu liberação em janeiro para fechar com o Palmeiras e não conseguiu.

Agora, o clube chinês fez uma nova proposta para que o jogador renove o contrato que vai até 2020, prorrogando por mais dois anos.

Assim, o contrato se estenderia até 2022, mantendo Ricardo Goulart no continente asiático. Porém, o jogador já declarou que seu maior objetivo é de atuar no continente europeu.

Clube europeu olhando o atleta

O Atlético de Madrid, da Espanha, está de olho no jogador, que já foi bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro, mas quem pode levar a melhor é o Palmeiras, que tem a possibilidade de trazer o atleta, caso ele não feche com nenhum europeu, com intuito de se destacar no Brasil e chamar a atenção de gigantes da Europa [VIDEO].

No entanto, o clube chinês deve negociar o jogador com algum clube pelo fato de que o meia pode ter a possibilidade de fechar com algum clube, a partir de 2020, de forma gratuita. Com isso, caso não haja renovação de contrato, o Guangzhou Evergrande deve negociar Ricardo Goulart o quanto antes [VIDEO].