A eliminação nas semifinais do Campeonato Paulista na última terça-feira (26), nos pênaltis, para o Palmeiras, deu ao técnico Jair Ventura algo cada vez mais raro [VIDEO]aos treinadores brasileiros. Uma semana inteira só para trabalhar. Apesar dos nove dias que separam o clássico do próximo jogo na Copa Libertadores, fora de casa, contra o Estudiantes, tempo para que seus jogadores se recuperem fisicamente, o treinador santista ganhou motivos para lamentar.

São pelo menos três desfalques que o Peixe pode ter para o jogo de quinta-feira (5), na Argentina, que vale a liderança do grupo 6 da competição continental. O último jogador a ficar ameaçado de não poder entrar em campo é o zagueiro Lucas Veríssimo, e nem se trata de problemas físicos ou de contusão.

O defensor contraiu uma forte virose, o que lhe fez ser ausência nos treinos realizados na sexta e no sábado.

Ele foi medicado pelo departamento médico e caso apresente melhora nesta segunda-feira (2), terá chance de ser relacionado para a viagem [VIDEO] de terça-feira para a Argentina, porém sua presença na delegação ainda não é certa. Nesses dias em que Lucas Veríssimo esteve ausente das atividades, Luiz Felipe o substituiu.

Outro jogador que também não tem presença certa na equipe que jogará pela terceira rodada da fase de grupos da Libertadores é o volante Léo Cittadini, que sofreu uma lesão de grau 2 na coxa esquerda ainda no primeiro duelo da semifinal do Campeonato Paulista, contra o Palmeiras, ficando de fora do segundo jogo. O tempo de recuperação estipulado foi de 15 dias, ou seja, prazo entre o jogo que ele se contundiu e o compromisso na Argentina, no entanto ele vem já em fase final de recuperação, já treinou com bola, porém ainda não trabalhou com o grupo e tem chances de ser relacionado.

O desfalque certo mesmo é o atacante Gabriel. Ele foi expulso ainda no primeiro tempo da partida contra o Nacional, no estádio do Pacaembu, pela segunda rodada, e terá que cumprir suspensão. Com isso, o meia Jean Mota será escalado para sua vaga e o ataque santista deverá ser formado pelo trio Rodrygo, Arthur Gomes e Eduardo Sasha.

Bruno Henrique

Fora do time desde a estreia do Campeonato Paulista, quando levou uma bolada no rosto, o que lhe causou lesões no olho direito, o atacante Bruno Henrique apresentou melhora. Agora a diretoria corre atrás de um visto para que o atleta possa entrar nos Estados Unidos, onde ele passará por uma consulta no hospital John Hopkins Wilmer Eye Institute, em Baltimore. Lá ele pretende passar por exames que possam dar tranquilidade e segurança para quando ele volte a atuar.