Centroavante titular desde a saída de Henrique Dourado para o Flamengo, Pedro vem tendo uma boa temporada pelo Fluminense [VIDEO], tornando-se o principal goleador da equipe com nove gols, sendo um deles o da vitória de 1 a 0 sobre o Cruzeiro do último domingo, no Maracanã, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. Por conta desse rendimento, surgiram especulações de que agremiações do Futebol português teriam demonstrado interesse na sua contratação. Nesta segunda, durante participação no 'Seleção Sportv', o jovem de 20 anos, revelado no próprio Tricolor, assegurou não ter recebido qualquer proposta oficial e garante foco para fazer história nas Laranjeiras.

"Estou focado, pensamento só no Fluminense. Tenho muito a fazer com essa camisa. Não chegou nada a mim", resumiu.

Após se destacar no título do primeiro Campeonato Brasileiro Sub-20, disputado em 2015, Pedro subiu para os profissionais no ano seguinte e, de quebra, conquistou a edição inicial da Copa da Primeira Liga. Em 2017, passou a ser mais utilizado. Ao todo, entrou em campo por 31 oportunidades, assinalando 14 gols. Nesse ano, tornou-se a referência do sistema ofensivo dos comandados de Abel Braga e tornou-se o artilheiro mais novo da história do Campeonato Carioca com sete gols.

Mesmo com o sucesso de Pedro, o Fluminense segue buscando um centroavante mais experiente no mercado. Recentemente, veio João Carlos [VIDEO], destaque da Cabofriense no último Estadual.

Outro que poderia vir era Kléber Gladiador, de 34 anos, com passagens por clubes como São Paulo, Palmeiras, Grêmio, Cruzeiro, Vasco e Shakthar Donetsk, mas uma diferença salarial do oferecido pelo time carioca e o desejado por parte do atleta, que, no momento, defende o Coritiba, paralisou a negociação. No entanto, nos bastidores, há quem ainda acredite em uma solução e o atacante possa vir para as Laranjeiras.

De folga nesta segunda, o Fluminense [VIDEO] se reapresenta na terça, às 15h30 (de Brasília), no CT Pedro Antônio, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Sem compromissos pela Sul-Americana (enfrenta o Nacional Potosi, da Bolívia, apenas no dia 10 de maio, na casa do adversário), a agremiação verde, branco e grená só voltará a campo no próximo domingo. Pela terceira rodada do Brasileirão, novamente no Maracanã, encara o São Paulo. Para esse desafio, o presidente Pedro Abad, com o intuito de chamar mais a torcida, planeja lançar uma promoção sobre os ingressos. Contra o Cruzeiro, pouco mais de dez mil estiveram presentes ao estádio.