Quando a fase é boa, é comum novos fatos positivos surgirem quando menos se espera. E a torcida do Santos pode ganhar uma ótima noticia já neste final de semana, quando a equipe alvinegra encara o Bahia, no sábado (21), na Fonte Nova, em Salvador, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, partida que pode marcar a volta de um jogador [VIDEO] que está há mais de três meses afastado dos gramados.

Fora de combate [VIDEO] desde o jogo contra o Linense, pela primeira rodada do Campeonato Estadual quando logo aos 10 minutos de partida sofreu uma bolada no rosto, o que lhe causou cinco lesões no olho direito. O atacante Bruno Henrique voltou da Alemanha na última sexta-feira (13), depois de passar por uma consulta em um dos mais renomados centros de oftalmologia do mundo.

Liberado para voltar às atividades, o jogador dispensou o uso de óculos de proteção e tem impressionado nos últimos trenos do Santos, participando sem demostrar receio de jogadas de contato.

Agora, um novo e derradeiro passo em sua recuperação pode acontecer no jogo de sábado, quando ele tem grandes chances de ao menos fazer parte da delegação que viaja para Salvador. Isso não significa, no entanto, que ele já aparecerá no banco de reservas, muito menos que entrará em campo, mas já demostra um surpreendente progresso em sua recuperação.

Mas quando volta?

O mais provável mesmo é que o jogador seja relacionado para ficar no banco de reservas contra o Grêmio, no próximo dia 6 de maio, em jogo válido pela quarta rodada (o jogo da terceira rodada contra o Vasco foi remarcado para 16 de julho).

Independente de sua condição, pela Copa Libertadores da América, o atacante poderá ser escalado na última rodada da fase de grupos, contra o Real Garcilaso, uma vez que foi suspenso por cinco partidas devido a uma cusparada dada em um jogador do Barcelona do Equador, na partida que marcou a eliminação do Peixe no torneio do ano passado. Com isso, ele fica de fora do confronto diante do Estudiantes, na Vila Belmiro, e também não pega o Nacional, no Uruguai.

Depois da partida diante do Ceará, quando viu sua equipe triunfar pelo placar de 2 a 0, o técnico Jair Ventura revelou estar ansioso para voltar a contar com o jogador, mas não quis dizer onde ele será encaixado no time titular. “Foi um dos grandes jogadores que me fizeram aceitar o desafio do Santos”, elogiou o treinador. “Como eu vou usá-lo? Surpresa. Eu não posso contar agora”, disse fazendo mistério.